• Assinantes
  • Autenticação
  • Tecnologia Conexões da virada do milênio

    A Internet do século XXI é mais rápida e barata

    Luciana Mendonça
    12/12/2000

    Imagine que você está dirigindo um fusquinha em uma pequena estrada de chão, esburacada, cheia de curvas e de abismos. Que pesadelo! De repente, no meio da estrada, alguém o pára e lhe oferece uma Ferrari em troca de seu Fusca, por um preço irrisório. Surpreso, você aceita, muda de direção e passa a viajar em uma estrada larga, bem asfaltada e sinalizada. Quanta diferença! Esta sensação pode ser comparada à que os internautas têm quando trocam a Internet discada (via linha telefônica) pela Internet em banda larga, a grande infovia.

    Em Juiz de Fora, a Rede em alta velocidade está no ar via rádio-freqüência, através do serviço Acessa.com, do provedor Artnet. A velocidade do acesso é a principal vantagem: as conexões em banda larga chegam a 3 Mega-bits por segundo, enquanto que o máximo alcançado em linhas telefônicas convencionais é 56 Kbps. Além disso, o acesso é ilimitado, ou seja, a Rede está on-line durante 24 horas, todos os dias.

    Fazer download de programas e arquivos com grande rapidez, enviar e receber arquivos de som e imagem com qualidade (do tipo das transmissões de rádio ou de TV) e participar de teleconferências estão entre as possibilidades da Internet em banda larga.

    Mas a grande surpresa são os baixos custos do acesso: a mensalidade do Acessa.com é fixa e fica em aproximadamente R$45. O usuário percebe que não tem mais que pagar pesadas contas de telefone pelos impulsos excedentes gerados com a Internet. Quem costuma acessar durante 35 horas por mês, no horário comercial, por exemplo, paga cerca de R$60 de impulsos excedentes (considerando-se que o preço de um impulso é de R$0,093).

    Por enquanto, a banda larga via ondas de rádio está sendo oferecida para empresas e condomínios verticais. Dentre as novidades está a possibilidade de tornar o edifício inteligente, com a utilização de rede interna (intranet), circuito interno de TV (com câmeras digitais) e utilização de políticas de segurança, para impedir problemas com hackers na Rede.

    Dentre os usuários do serviço na cidade está a Câmara Municipal. De acordo com o assessor técnico de informática, William Carlos Chaia de Almeida, a Internet via rádio-freqüência facilitou, por exemplo, a disponibilização de informações no banco de dados digital da Câmara, que fica em www.camarajf.mg.gov.br. "Com o acesso via linha telefônica, o trabalho era mais lento e difícil", informou.

    Os interessados podem obter mais informações no site www.acessa.com.

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.