Batom: uma necessidade com ares de acessório Saiba a importância de usar o produto, os cuidados na hora de comprá-lo e confira as cores que brilham neste verão

Emilene Campos
*Colaboração
20/01/1999

Fundamental para hidratação e proteção dos lábios, o batom é considerado a maquiagem que mais valoriza o rosto das mulheres. “Deve ser usado todos os dias, especialmente por mulheres que têm lábios carnudos ou que se ressecam com facilidade”, explica a dermatologista Cristina Mansur. Além de hidratar e embelezar, o batom forma uma camada que impede o contágio de alergias provocadas por partículas presentes no ar ou veiculadas pelas próprias mãos.

Quem quiser aproveitar as vantagens do produto e ficar na moda deve seguir as dicas da consultora de tendências Nicole Nandes Sobrinho de um salão de beleza da cidade. Ela diz que o segredo é em investir em tons claros, principalmente as variações de rosa. Durante o dia, os batons ultrafixantes são os mais indicados, porque dão uma textura aveludada, mais natural. Segundo Nicole, a tendência da estação é a maquiagem que dá aparência de rosto lavado. "Quanto mais claro o batom, mais cor de boca melhor", enfatiza.

E podem ficar despreocupadas, porque Cristina Mansur garante que não há nada de nocivo na composição do batom ultrafixante e até recomenda sua utilização. O batom não sai com facilidade porque é usada uma cera especial que repele água. "A única diferença em relação a outros é que ele hidrata menos", esclarece a dermatologista. O mesmo vale para os batons cuja aplicação, em tese, dura 24 horas.

Para dar um toque de glamour à noite, dê preferência ao gloss com, ou sem, glíter (purpurina) e esqueça os contornos a lápis (a menos que eles sejam tão claros quanto o batom). Apesar do brilho, o gloss também hidrata menos, "mas podem ser usados sobre outro tipo de batom", garante a dermatologista.

Além da cor, você deve ficar atenta a outros detalhes no momento de comprar seu batom. O produto tem que conter substâncias hidratantes, filtro solar e uma consistência média, nem muito duro porque dificulta a aplicação nem muito mole, porque escorre. Outro ponto importante que Cristina Mansur esclarece é a qualidade do corante. "Um produto de má qualidade pode provocar alergias", alerta.

*Emilene Campos é estudante do 8º período de Comunicação Social da UFJF

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.