Currículo - aprenda como fazer
sua propaganda pessoal

Que o currículo é uma propaganda pessoal ninguém tem dúvida, mas por falta de orientação muita gente vem fazendo anti-propaganda. Por isso, o JF Service garimpou dicas preciosas para você elaborar seu currículo e garantir um emprego. Saiba como redigi-lo e conheça as vantagens e desvantagens de divulgá-lo pela Internet.

Colaboração: Emilene Campos
30/04/99

Ao redigir um currículo você deve ter em mente que tanto os empresários quanto as pessoas que recrutam profissionais têm em média três minutos para lê-lo. Daí a recomendação dos consultores de agências de recursos humanos: “um currículo deve ter, no máximo, três folhas”.

Mas a objetividade não basta, é preciso ser habilidoso ao organizar as informações, enfatizando-as de acordo com as características da empresa. Por isso, é importante identificar a filosofia de trabalho da firma, seu porte e política salarial.

Tão importante quanto à qualificação profissional é a identificação do candidato. De nada adianta fazer um currículo maravilhoso, se o avaliador não souber como entrar em contato com você para uma entrevista. Por isso, o nome, endereço e telefone devem ser o primeiro item do documento. Veja o modelo:

A psicóloga Rogéria Ghedin S. Sant’Ana da G&S Consultoria em Recursos Humanos esclarece que não é necessário discriminar as funções exercidas no antigo trabalho. “O importante é despertar o interesse da empresa para que o candidato continue no processo seletivo”, afirma a psicóloga. “Estas informações devem ser transmitidas no momento da entrevista, se houver necessidade”, completa.

A pretensão salarial deve ser indicada caso a empresa tenha solicitado. Além desses dados, Rogéria Sant’Anna aconselha os candidatos a anexarem uma carta de apresentação, com no máximo dois parágrafos. Segundo a psicóloga, isto demonstra iniciativa, o que é um ponto positivo, e evidencia (ou não) que o candidato sabe redigir. A psicóloga Maria Aparecida Frade Pires da DRH Consultoria pensa diferente. Ela acredita que a carta de apresentação é dispensável.

Outro ponto polêmico é listar os cursos e seminários realizados pelo candidato. Vários consultores descartam esse item, “mas esse tipo de atividade extracurriculares pode ser útil se o candidato souber relacioná-los ao seu objetivo profissional”, afirma a psicóloga Maria Aparecida Frade Pires. Caso isso não seja possível é melhor evitar.

Se o currículo vai ser impresso, a apresentação gráfica também é importante. Para facilitar a leitura, use fontes com tamanho superior ao 9 e não mescle diferentes tipos de letras. Outra forma de tornar a apresentação mais agradável e estética é fazer margens largas. Mas se o veículo é a Internet, aí vão algumas dicas.

Tem currículo na Rede

Disponibilizar o currículo na Internet é uma iniciativa válida de acordo com as psicólogas entrevistadas, mas ao colocá-lo na Grande Rede, você deve definir bem o objetivo profissional e destacar suas qualificações profissionais, porque não há como direcionar as informações, conforme recomendado no início da reportagem.

Por outro lado, Rogéria Sant’Anna adverte quanto aos inconvenientes desta prática. “Como um dos principais itens é a identificação do nome completo e do endereço, o candidato se expõe muito, pois qualquer pessoa pode ter acesso ao seu currículo. É o mesmo que colocar seu e-mail na lista pública” arremata. No sistema de cadastro aberto esse risco ocorre, mas há casos em que o internauta só tem permissão de consultar o banco de dados se estiver cadastrado ao serviço.

Confira alguns sites que disponibilizam esse tipo de serviço:

Gratuitos


JF Service - Para divulgar seu currículo, é só preencher o formulário e acionar o botão cadastrar. Os currículos são divulgados numa home page individual.

Balcão. Net - Para publicar seu currículo basta preencher um fomulário e acionar o botão “publica”, em seguida ele será enquadrado em umas das categorias disponíveis. As informações ficam disponíveis numa página coletiva, onde podem ser visualizados de 5 a 25 currículos.

Pagos

Currículo Virtual- Elaboram o currículo e o disponibilizam na Internet por um ano. Estão incluídas uma página com seus dados e fotografia. Para se beneficiar do serviço, o internauta desembolsa R$24,95 por ano. Se quiser adicionar versão arquivo do Word para download, o preço sobe para R$34,95.

Catho On line - São oferecidas três categorias: Currículo de Profissional e Executivos; Currículo de Trainee, Currículo de Estagiário. O serviço para os profissionais custa R$200/ano ou R$20/m e para trainees e estagiários o preço R$150/ano ou R$15/mês.

Oferta e procura - cadastro de currículo e oferta de emprego. O preço do serviço é R$68 por ano e a atualização é gratuita.

Currículos - Brasil Net - O interessado deve enviá-lo anexado (atachado) por e-mail em formato Word for Windows para o endereço curriculos@classificados.com. Publicação tipo consulta à banco de dados. Preço R$30/semestre. Para acessar, basta um clica nas categorias Analista Programador, Design Gráfico, Manutenção Industrial, entre outros.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.