• Assinantes
  • Autenticação
  • Casa

    Aprenda a fazer uma árvore de Natal sustentável 

    Luiz Henrique Duarte Luiz Henrique Duarte 2/12/2016

    A melhor época do ano está aproximando-se, trazendo a celebração do Natal, onde o renascimento de Jesus Cristo e dos valores cristãos, independente de qualquer religião, são propagados, estabelecendo o amor e a paz incondicional. É tempo de ascender a luz do perdão e deixar seu brilho resplandecer sem cessar. Na arquitetura e no design de interiores, a árvore de Natal é o símbolo máximo da grande noite, e existem várias formas para criar ou idealizar uma, com originalidade e reaproveitando os adornos. É tempo de reciclar os sentimentos e germinar às sementes da felicidade, fazendo nascer, a Árvore do Amor Sustentável.

    Para criar uma árvore de natal, é preciso estabelecer um link, com todos os elementos que serão utilizados, e saber inserir as peças decorativas típicas, para que estejam no contexto certo da celebração, ter o estilo do proprietário da casa, e ser exposta com harmonia dentro do ambiente destinado a ela. A paisagista Cláudia Tabet Zanini ( Jardins com Arte ), utilizando elementos ao alcance de todos, e visando a sustentabilidade, fez nascer a Árvore do Amor Sustentável, um elo entre o significado natalino e tudo aquilo que a natureza oferece. "Na verdade, criamos uma árvore inusitada. Nós tínhamos uma planta, o buxinho ( buxus sempervirens ) na casa de um cliente, a qual havia secado, com um formato bonito, porque tem as raízes aéreas, e nesta questão de criar uma árvore sustentável, resolvemos aproveitá-la ", define Cláudia.

    As árvores de natal podem ser expostas em todos os tipos de ambientes residenciais, como em salas de estar, que é uma área de convívio familiar, além de áreas externas, porém, para ficarem expostas ao tempo, requerem cuidados específicos, que não é o nosso foco. O ideal, para expor a árvore corretamente, é saber criar uma atmosfera aconchegante dentro do ambiente, criando um diálogo entre a paleta de cores, o mobiliário e os adornos que o espaço já possui. O campo visual da árvore, que ficará mais em evidência, deverá ser mais trabalhado, como a iluminação, que poderá ser utilizada lâmpadas em LED, pisca-pisca com bateria, evitando o consumo de energia. Mas, além de abusar do reuso de enfeites, podemos inovar com a flora brasileira, que oferece muitas possibilidades. "Nós, pegamos algumas sementes de pinha, flores de palmeira seca, para dar um acabamento na base, usamos musgo seco para criar um verde, e bolas de cipó, coloridas em vermelho ", explica a paisagista.

    Entretanto, outras espécies de vegetação podem ser utilizadas, como lírios e palmeiras ráfis, essas que já possuímos em casa, lembrando de fazer uma finalização com pinhas, que podem ser tonalizadas em dourado ou prata. Caso tenha crianças em casa, bichinhos de pelúcia, também podem ser expostos, verificando os tamanhos, para que não estrague as plantas. É muito importante e válido, repaginar os elementos e materiais, promovendo uma nova decoração, e contando um pouco de nossa história de outra forma. "Fazer com que esses elementos ganhem vida novamente é uma questão de consciência, sem deixar de trazer o verdadeiro sentido do Natal, que é a questão do renascimento e da renovação", ensina Cláudia.

    O ideal, para este tipo de árvore, é ficar exposta sobre o piso, ou sobre um cachepô ao contrário.

    As fotos exclusivas de Bruno Caniato registram.

    Os autores dos artigos assumem inteira responsabilidade pelo conteúdo dos textos de sua autoria. A opinião dos autores não necessariamente expressa a linha editorial e a visão do Portal ACESSA.com

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.