• Assinantes
  • Autenticação
  • Casa

    Banhos podem representar riscos à saúde Além de receber tratamento adequado, a água utilizada deve ser armazenada de forma correta para evitar a ação de micróbios

    Aline Furtado
    Repórter
    26/10/2009

    Muitas pessoas não fazem ideia, mas o banho, que deveria ser um momento de relaxamento e higienização pessoal, pode representar riscos à saúde. Caso a água utilizada no banho esteja contaminada, o número de micro-organismos presentes pode ser grande e acarretar uma série de doenças.

    De acordo com a professora da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e Doutora em Saúde Brasileira, Sandra Tibiriçá, 85% das doenças diagnosticadas no Brasil são provenientes da água contaminada. "É muito importante que a população esteja sempre atenta a questões referentes ao saneamento básico e aos cuidados individuais no trato da água."

    Entre os micróbios patogênicos que podem estar presentes na água não cuidada devidamente estão vírus, bactérias e parasitos, conhecidos popularmente como vermes. As principais doenças são aquelas que acometem o aparelho gastrointestinal, como hepatite A, febre tifóide, cólera, giardíase, amebíase, entre outras (ver quadro). Entre os sintomas estão diarreia, dor abdominal, vômito, desidratação, febre, entre outros.

    foto de um chuveiro enferrujadoPara que os problemas sejam evitados, a médica alerta sobre a necessidade de limpeza das caixas d'água a cada seis meses e para o correto armazenamento da água, que envolve a utilização de tampa para evitar que a água fique exposta a animais, como aves e roedores. As pessoas devem ainda se informar sobre o tratamento de água realizado por órgãos competentes nas cidades.

    "A água deve receber tratamento adequado durante todo o processo de potabilização, a fim de que o risco de infecções e outras doenças sejam reduzido." A água não tratada ou armazenada de forma incorreta pode fazer com que os micróbios se instalem na tubulação interna e até mesmo no interior dos chuveiros, que também devem recebem manutenção sempre que possível.

    Segundo a doutora, a cor escura e a presença de substâncias em suspensão podem indicar que a água está contaminada. "Se a água é turva e contém sedimentos significa que o processo de tratamento da mesma não foi adequado, o que representa risco à saúde."

    Quando o assunto é banho, as crianças merecem atenção especial. "Elas costumam engolir água, o que pode potencializar a ação dos micróbios. Assim, todo cuidado é pouco." Além dos pequenos, pessoas com o sistema imunológico debilitado, como alguns idosos, têm mais propensão às doenças.

    Além do perigo de ingestão da água contaminada, a absorção das substâncias pela pele pode acarretar outros problemas à saúde. "É indicado que as mães fervam a água para dar banho em crianças recém-nascidas. Ferver a água faz com que os micro-organismos morram e não atuem no umbigo, que é uma ferida em processo de cicatrização."

    Doenças que podem ser causadas pela água contaminada

    Causadas por parasitos:

    Amebíase, esquistossomose, ascaridíase e giardíase.

    Causadas por vírus:

    Hepatite tipo A e poliomielite.

    Causadas por bactérias:

    Meningoencefalite, cólera, leptospirose, febre tifóide, gastroenterites e desinteria bacilar.

    Os textos são revisados por Madalena Fernandes

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.