• Assinantes
  • Autenticação
  • JF 165 Anos
    Sexta-feira, 11 de janeiro de 2019, atualizada às 9h27

    Mulher é presa após procurar PM dizendo que marido estuprava filha de 3 anos

    Da redação

    Uma mulher, de 27 anos, foi presa na noite dessa quinta-feira, 10 de janeiro, após procurar a Polícia Militar (PM) dizendo sua filha, de 3 aos, foi estuprada pelo próprio pai, de 28.

    Conforme o registro policial, a diarista, moradora da Rua Professora Alzira Pereira de Oliveira, no Bairro Santa Rita, foi até a 70ª Cia da PM afirmando que a menina estava com marcas roxas no pescoço. Ela disse, ainda, que a garota relatou que seu pai havia beijado o pescoço e a região genital.

    Segundo a mulher, o crime aconteceu na quarta-feira, 9, entre 8h e 18h, quando ela estava trabalhando. Uma outra jovem, de 22 anos, confirmou a versão da mulher e contou que fez um vídeo da criança comentando sobre o crime.

    Com as informações, os policias entraram em contato com o suspeito, que negou a ação. O homem disse, também,  que a menina foi influenciada pela mãe. Logo em seguida, os policias levaram a menina para o Hospital de Pronto Socorro (HPS), onde o médico de plantão emitiu um laudo comprovando que não há indícios de abusos contra a criança.

    Diante disso, a mulher confessou que inventou os relatos para se beneficiar com uma futura separação e obter uma pensão alimentícia melhor. Contudo, ela foi presa por comunicação falsa de crime, previsto no Artigo. 340 do Código Penal. Uma audiência foi marcada para o dia 20 de março.

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.