JF vai instalar armadilha para capturar Aedes aegypti Trata-se do MosquiTrap, que possibilitará identificar
os locais em que há maior infestação do mosquito

Envie a sua foto pelo link SUA NOTÍCIA, clique aqui
11/2/2009

Foto da armadilha

Juiz de Fora é uma das 25 cidades que vão instalar a armadilha para capturar fêmeas grávidas do mosquito Aedes aegypti, principais responsáveis pela proliferação do vírus. Trata-se do MosquiTrap, que possibilitará identificar os locais em que há maior infestação do mosquito. Com isso, será possível direcionar as ações para os ambientes de foco e aumentar a eficácia do combate à dengue.

Para que sejam eficientes, os aparelhos serão colocados a cada 250 metros de distância, em toda a área urbana. A armadilha, uma espécie de vaso preto com água no fundo, imita o ambiente de reprodução do mosquito. Atraído por um componente orgânico, o inseto ficará preso em um cartão adesivo colocado na parede do recipiente e, depois de uma semana, será feita a contagem dos mosquitos que caíram na armadilha.

O monitoramento, que vai avaliar a quantidade de mosquitos capturados, será feito pelos agentes de combate à dengue de cada município. Para isso, eles contarão com um computador de mão, que possibilitará a transmissão dos dados em tempo real.

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais ainda não divulgou quando a armadilha chegará a Juiz de Fora. A partir desta quarta-feira, dia 11 de fevereiro, a Secretaria tem um prazo de 30 dias para instalar os equipamentos em todos os 25 municípios considerados prioritários no combate à dengue.

Os textos são revisados por Madalena Fernandes.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.