Quarta-feira, 14 de dezembro de 2011, atualizada às 19h30

Mãe do bebê de 9 meses que morreu carbonizado é presa

Jorge Júnior
Repórter
incendio

A mãe do bebê de 9 meses que morreu carbonizado dentro de casa na manhã da última quarta-feira, 13 de dezembro, no bairro Cidade do Sol, foi autuada pelo crime de abandono de incapaz e encaminhada à Penitenciária Ariosvaldo Campos Pires.

De acordo com a assessoria da Polícia Civil, na quarta-feira, a mãe do menino chegou em casa e se deparou com incêndio. Logo após, ela se apresentou na delegacia e afirmou que tinha saído para buscar comida para os filhos, porque não tinha nada em casa. Além da mulher, o pai da criança também prestou depoimento. Segundo a PC, o homem trabalha no banco de areias do Rio Paraibuna e sempre sai às 5h da manhã. Em depoimento, ele afirmou que a mulher é uma boa mãe e reiterou que ela teria saído em busca de alimentos.

Ainda de acordo com a PC, o inquérito para investigar o caso será aberto pela Delegacia de Polícia Civil de Orientação e Proteção à Família. Ainda conforme a assessoria, informações sobre a causa do incêndio somente serão transmitidas após a solicitação do delegado responsável pelo caso. A mulher foi autuada no artigo 133, parágrafo 2º do Código Penal, pelo abandono das três crianças.

Os textos são revisados por Thaísa Hosken

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.