Quinta-feira, 14 de janeiro de 2016, atualizada às 16h44

Ciclistas fazem bicicletaço por mais segurança em Juiz de Fora

foto

Ciclistas realizam neste sábado, 16 de janeiro, um 'Bicicletaço por Segurança' em Juiz de Fora. Às 14h, sairão grupos do pedal de três pontos da cidade, que são o Mergulhão da avenida Rio Branco, do bairro São Pedro e do Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU), em Benfica. Motivada pelos recentes roubos a mão armada a ciclistas, a iniciativa tem como objetivo chamar a atenção da sociedade e do poder público para medidas de segurança para os juiz-foranos que utilizam a bike como meio de transporte ou para prática esportiva e de lazer, prática que tem crescido no município.

Integrante do Pedal Ecológico de Benfica (PEB), Sander Venzi, conta que todos grupos afins estão sendo convidados para participar da manifestação e a estimativa, inicialmente, que participem do dia, de 50 a 100 ciclistas. Ele conta que as pessoas que usam a bicicletas estão se sentindo acuadas em alguns trechos de rota comum e que os assaltos com arma de fogo, a estes grupos, crescem a cada dia. "Temos o caso que ocorreu com um amigo nosso. Os assaltantes abordaram ele mais outro ciclista e levaram suas bikes, enquanto pedalavam na rodovia".

Organizado pelo PEB, Benfica Bem Melhor e Entabike e Mobilicidade a ação também reivindica sinalização das rotas; intensificação do policiamento nas áreas de risco; trabalho socioeducativo com esporte e cultura nas comunidades vizinhas às áreas de maior incidência; trabalho educativo para conscientização de motoristas; parceria entre a Concer e órgãos de segurança pública para facilitar a cobertura da BR040; criação de um canal direto para ciclistas e polícias - telefone e Whatsapp; criação de um fundo municipal para destinação de recursos orçamentários para obras de infraestrutura cicloviária.

Os três grupos marcaram de se encontrar na praça Manoel Visona Marques, no bairro Barbosa Lage, de onde seguem juntos pelo Acesso Norte, passando pela rua Afonso Barra e avenida JK, seguindo pela avenida Antônio Simão Firjam para a BR 040 sentido Rio de Janeiro e retornam no trevo da BR 267, encerrando no local do roubo, que fica à altura do Bairro Benfica.

"O último itinerário foi escolhido para evidenciar problemas de acostamento, bueiros sem tampa, falta de sinalização que será registrado durante o percurso", destaca Venzi.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.