Abate clandestino é descoberto em Bicas

Carne de cavalo era vendida para açougues da região como carne bovina

Envie a sua foto pelo link SUA NOTÍCIA, clique aqui
22/01/2016

Um homem de 59 anos foi preso na última quinta-feira, 21 de janeiro, em Bicas, suspeito de ser dono de um abate clandestino de cavalos. De acordo com informações da Polícia Militar (PM), a operação denominada "Quarto de Milha" chegou ao suspeito após denúncias através do 181 e do 190 de que ele vendia a carne de cavalo, como se fosse bovina, para açougues da região.

No local, os policiais encontraram um cavalo e um boi já abatidos, além de cavalos ainda vivos, presos e muitos debilitados. A Policia Militar do Meio Ambiente e outros órgãos de proteção animal foram informados da situação. O suspeito foi trazido para a Delegacia de Polícia Civil de Juiz de Fora, onde recebeu voz de prisão por maus tratos a animais, por ter um pássaro da fauna silvestre em cativeiro sem licença, além de abater animais de forma clandestina.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.