• Assinantes
  • Autenticação
  • Cidade
    Segunda-feira, 22 de agosto de 2016, atualizada às 13h

    Adolescente e jovem são detidos por tentativa de homicídio em Humaitá

    Da redação

    Um homem, de 38 anos, foi baleado com três tiros no início da madrugada de segunda-feira, 22 de agosto, em Humaitá, Zona Rural de Juiz de Fora. Um adolescente, 16, foi apreendido e outro jovem, 22, preso como suspeitos de cometerem o homicídio tentado. O crime aconteceu por volta das 00h27 na rua Antonio Jacinto de Oliveira e a motivação teria sido uma briga envolvendo a vítima e os dois rapazes, minutos antes do fato.

    Conforme informações do boletim de ocorrência da Polícia Militar (PM), os policiais deslocaram até o distrito e ao chegarem próximo a praça, avistaram a vítima caída. Testemunhas disseram aos militares que os suspeitos fugiram sentido ponto final do ônibus após efetuarem os disparos. O homem baleado foi socorrido pelo tio e levado para o Hospital de Pronto Socorro (HPS). Ele levou três tiros, dois deles atingiram o tórax e um acertou o braço da vítima.

    Os policiais foram até a casa da avó do adolescente, sendo localizado junto com o outro suspeito, que é seu primo. O rapaz contou a PM que os dois estavam em um bar quando se desentenderam com a vítima, que passou a agredi-los. Após a briga, a dupla saiu do local e voltou minutos depois com uma arma de fogo. O adolescente confessou aos militares que disparou cinco vezes em direção ao homem e fugiu com o primo por um pasto até a casa da avó.

    Segundo o boletim de ocorrência, ele chegou a esconder o revólver debaixo de uma tábua, próximo a cerca de divisão dos terrenos, que foi localizada pela polícia com quatro munições deflagradas. O adolescente chegou a retirar o quinto cartucho e jogar no mato. Eles foram levados para a delegacia da Polícia Civil com a represente legal do adolescente.

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.