Segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017, atualizada às 16h59

Boate é interditada no bairro Mariano Procópio

Da redação

Após pedido formal da 31ª Companhia da Polícia Militar (PM), sobre fechamento e avaliação da revogação de alvará da boate Santuário, no bairro Mariano Procópio, a Secretaria de Atividades Urbanas (SAU) decidiu pela interdição cautelar do estabelecimento. A motivação da ação, na sexta-feira, 10, se deu por situações de ordem pública e social, comprovadas através de boletins enviados pela PM, envolvendo ocorrências sobre lesão corporal, furto, homicídios e tentativas.

A interdição teve como base o artigo 102 do Código de Posturas do Município. Segundo ele, os estabelecimentos, eventos, equipamentos ou aparelhos de qualquer natureza poderão ser interditados, total ou parcialmente, pelo Poder Executivo.

A medida ocorrerá quando houver iminente risco à saúde, à segurança, à higiene e ao meio-ambiente, independentemente de outros procedimentos devidamente comprovados, ou o local não dispor de licença de funcionamento.

A SAU recebeu também solicitações de intervenção da Secretaria de Segurança Urbana e Cidadania (Sesuc) e da 8ª Promotoria de Justiça de Juiz de Fora.

Com informações da PJF

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.