• Assinantes
  • Autenticação
  • Cidade
    Quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017, atualizada às 7h20

    Mais de 40 mil pessoas devem passar pela rodoviária até quarta-feira de Cinzas

    Da redação

    Há dois dias do início do Carnaval, quem vai viajar já se prepara para cair na folia. Desta sexta-feira, 24, até quarta-feira de Cinzas, 1° de março, mais de 40 mil pessoas devem embarcar e desembarcar no Terminal Rodoviário Miguel Mansur, em Juiz de Fora. Devido a intensa circulação de viajantes nos quatro dias de feriado, o importante é estar atendo a alguns cuidados, para aproveitar a Festa do Momo com tranquilidade.

    De acordo com gerente da Sociedade Nacional de Apoio Rodoviário e Turístico (SINART) do terminal rodoviário, Artur Rodrigues, o terminal funciona 24 horas por dia, sempre com a disposição de pessoal e atendimento para atender a demanda esperada. Como esperado, devido os blocos tradicionais e os desfiles das escolas de samba, o Rio de Janeiro é um dos destinos mais procurados. Rodrigues acrescenta que Cabo Frio continua umas das praias da Região dos Lagos mais frequentada pelos juiz-foranos.

    "Tivemos uma queda na procura de passagens pela região capixaba, devido ao problema de segurança no Espírito Santo. Outras cidades que são opção para as festas carnavalescas são as cidades históricas mineiras", informa. Os carros extras para todos os destinos ainda não foram divulgados pelas empresas. "Orientamos a compra de passagens de ida e volta antecipadas até para que as viações disponibilizem os ônibus extras".

    Outra dica necessária que Rodrigues destaca é antecipar a chegada no terminal, em pelo menos uma hora, pois com a lotação do espaço, os guichês ficam com filas que podem atrasar o atendimento. "Também é importante ter em mãos a carteira de identidade, e, agora, documento com foto também para crianças menores de 12 anos, além da certidão de nascimento. Os documentos são exigidos durante a compra e o embarque", destaca.

    Os passageiros também devem identificar sua bagagem para evitar troca ou extravio na hora do desembarque. Para evitar problemas, Artur orienta que os passageiros optem por embarcarem apenas no terminal, local que oferece todo aparato caso haja problemas de assento. "Além disso, não é permitido a venda de passagem dentro do ônibus e abrir bagageiro".

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.