Quarta-feira, 17 de janeiro de 2018, atualizada às 18h58 e às 14h do dia 18

Mais um suspeito de envolvimento na morte do advogado desaparecido é preso

Da redação

A Polícia Militar (PM) prendeu na noite da última quarta-feira, 17 de janeiro, em Santa Terezinha, outro rapaz, de 20 anos, suspeito de participar da morte de um advogado, de 75 anos, que desapareceu após ir cobrar uma dívida no Parque das Torres.

Segundo o Boletim de Ocorrências, ele estava tentando fugir da cidade e foi encontrado dentro do carro com sua mãe. O suspeito foi ouvido na Delegacia da Polícia Civil, em São Mateus e confessou que matou a vítima com golpes de tijolos e pedras e, em seguida, com machadadas e jogou o corpo no Rio Paraibuna.

Na noite da última quarta-feira, 17, um jovem, de 21 anos, também foi preso. Equipes da Polícia Civil e do Corpo e Corpo de Bombeiros estão mobilizadas deste o início da manhã da quarta-feira, para buscas do corpo, que foi jogado na altura do Jóquei Clube 3.

De acordo com o titular da 1ª Delegacia, Luciano Vidal, o idoso saiu de casa para cobrar uma dívida, referente ao processo de um cliente no Bairro Parque das Torres e, desde então, não foi mais visto. Ele está desaparecido deste o dia 2 de janeiro, mas o boletim de desaparecimento foi registrado pela família no dia 9, quando iniciaram as investigações.

Ainda segundo Vidal, o jovem, de 21 anos, contou que cometeu o crime no dia em que o idoso fez a cobrança. Durante depoimento, o rapaz confirmou que as roupas encontradas no lote ao lado da residência eram do outro investigado e foram queimadas porque estavam sujas de sangue.

O jovem foi encaminhado para o Centro de Remanejamento de Presos (Ceresp) de Juiz de Fora. A polícia descartou a participação de uma terceira pessoa na ação.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.