• Assinantes
  • Autenticação
  • Cidade
    Sexta-feira, 19 de janeiro de 2018, atualizada às 9h34

    Morre, aos 74 anos, Dom Célio de Oliveira Goulart, bispo de São João del-Rei

    Da redação

    Morreu, na madrugada desta sexta-feira, 19 de janeiro, o Bispo Diocesano de São João del-Rei, Dom Célio de Oliveira Goulart. Ele estava internado na Santa Casa de Misericórdia desde o dia 26 de dezembro de 2017 e lutava contra um câncer há mais de um ano.

    O velório está sendo realizado na Catedral Basílica de Nossa Senhora do Pilar. Neste sábado, 20, às 10h, será celebrada a Missa de Corpo Presente, presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira, e concelebrada pelo clero diocesano e demais bispos e padres presentes. Em seguida, o féretro seguirá para a cidade de Itaúna (MG), onde será velado na Igreja Matriz de Sant’Ana. O sepultamento ocorre no domingo, 21, às 10h, no cemitério local, no jazigo da família, junto de seus pais, conforme desejo de seus familiares.

    Dom Célio de Oliveira Goulart é natural de Piracema. Nasceu em 14 de setembro de 1944. Fez seus estudos de filosofia no Convento São Boaventura, em Daltro Filho (RS) e no Convento Santa Maria dos Anjos, em Betim (MG). Já o curso de teologia foi feito no Convento Santo Antônio, em Divinópolis (MG), e no Instituto de Teologia da PUC-Minas, em Belo Horizonte (MG).

    Em 12 de julho de 1969 foi ordenado padre pela Ordem dos Frades Menores (OFM). Em agosto de 1998 foi nomeado Bispo da Diocese de Leopoldina (MG) e adotou como lema “A cruz é a força de Deus”. Em 2003, foi transferido para a Diocese de Cachoeiro do Itapemirim. De 2003 a 2007, foi presidente do Regional Leste 2 da CNBB (estados de Minas Gerais e Espírito Santo) e membro do Conselho Permanente da CNBB.

    Dom Célio tomou posse como bispo da Diocese de São João del-Rei no dia 17 de julho de 2010.

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.