Quinta-feira, 15 de janeiro de 2015, atualizada às XXhXX

Curso da UFJF capacita profissionais em atividade física para deficientes

Lucas Soares
Repórter

Professores e profissionais que atuam com pessoas com deficiência e têm interesse em se aperfeiçoar na produção de recursos e estratégias de acessibilidade voltados para prática da atividade física no ambiente escolar têm até 6 de fevereiro para se inscrever no curso Aperfeiçoamento em Acessibilidade na Atividade Física Escolar. O curso é promovido pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), por meio do Núcleo de Pesquisa em Inclusão, Movimento e Ensino a Distância (Ngime).

Em sua nona versão, o curso é oferecido na modalidade a distância para professores da rede pública e profissionais de todo Brasil. Faz parte do Programa da Rede de Formação Continuada da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (Secadi) do Ministério da Educação (MEC), sendo oferecido gratuitamente para os profissionais em busca de atualização. O curso tem início em março e previsão de término em agosto de 2015.

As inscrições devem ser feitas com preenchimento de dados na ficha disponível no site do Ngime e envio imediato pelos Correios da documentação solicitada. Esses pré-requisitos são essenciais para efetivação da matrícula no curso. Não serão recebidos documentos escaneados por e-mail, apenas os enviados pelos Correios.

Ngime

O Núcleo de Pesquisa em Inclusão, Movimento e Ensino a Distância (Ngime) é referência no país em estudos que contemplam a inclusão de pessoas com deficiência na sociedade. Desde 2007, por meio de convênios com órgãos de educação brasileiros, oferece cursos de aperfeiçoamento, especialização e extensão na modalidade a distância, alcançando alunos em todo Brasil.

A coordenadora geral do Ngime, Eliana Lúcia Ferreira, que atualmente ocupa o cargo de coordenadora-geral da Política Pedagógica da Educação Especial no MEC, acredita que o curso tem sido de vital importância para promover os direitos da pessoa com deficiência. "Pela comodidade de ser oferecido a distância, o curso tem contribuído para a capacitação de profissionais por todo Brasil auxiliando na efetividade da implantação das políticas públicas voltadas para pessoas com deficiência."

A coordenadora pedagógica do curso, Carolina Lessa Cataldi, explica que o curso aborda o desenvolvimento de práticas pedagógicas que podem auxiliar professores de quaisquer áreas de conhecimento a refletirem e a reconstruírem a sua forma de ensinar. "O curso propicia aos profissionais conhecer um pouco mais a respeito das deficiências e suas possibilidades de inclusão, principalmente, no meio escolar. Os conteúdos contemplam o processo da inclusão e as consequências geradas por este, o que influencia diretamente a prática dos profissionais envolvidos principalmente no meio educacional."

Os documentos exigidos são: cópias do diploma de graduação ou declaração de conclusão de curso de graduação; do documento de identidade; do CPF; e da certidão de nascimento ou casamento. Esses documentos devem ser enviados para: Faculdade de Educação Física e Desportos (Faefid) – Núcleo Pesquisa em Inclusão, Movimento e Ensino à Distância (Ngime) – Universidade Federal de Juiz de Fora Campus Universitário s/n – Martelos – CEP: 36036-900 Juiz de Fora – MG

Com informações da UFJF.