Campanha conscientiza motoristas sobre respeito às vagas exclusivas

"Assim, fazemos a inversão de valores, se colocar no lugar do outro e sentir o quanto é ruim quando uma vaga é ocupada de forma irregular", diz Ana Beatriz

Envie a sua foto pelo link SUA NOTÍCIA, clique aqui
20/05/2019

Na manhã desta segunda-feira, 20 de maio, quem passou pela Rua Braz Bernardino, no Centro de Juiz de Fora, deve ter estranhado cadeiras de rodas, táxis, ônibus urbano e viaturas do Corpo de Bombeiros parados nas vagas regulares e para veículos de aluguel, na Área Azul da via. A ocupação 'irregular' foi mais uma ação que integra a campanha Maio Amarelo e teve como objetivo chamar atenção da população sobre a importância de respeitar vagas exclusivas para deficientes e idosos. "A intenção da ação de hoje (segunda) foi justamente incomodar. Um ônibus está parado na vaga para carros de aluguel. Os motoristas destes carros se sentem incomodados de terem suas vagas ocupadas, mas gostariam muito de andar na faixa exclusiva para transporte coletivo. Queremos que as pessoas façam esta reflexão, ao entrar no lugar do outro, entender qual sua real necessidade", destaca a presidente da Comissão Municipal de Segurança e Educação no Trânsito (Comset) de Juiz de Fora, Ana Beatriz Chaves.

Placas com dizeres 'É rapidinho', 'Só um minutinho', 'Já volto' representam frases muito ditas quando um motorista ou motociclista para em vagas destinadas aos deficientes e idosos. "Assim, fazemos a inversão de valores, um momento de despertar a alteridade, se colocar no lugar do outro e sentir o quanto é ruim quando uma vaga é ocupada de forma irregular ou sinalização não é respeitada", acrescenta. A ação começou às 8h e terminou às 12h.

Os envolvidos foram empresa Ansal, Centro de Convivência do Idoso, Somar Brasil, Sindicato dos Taxistas, Hemominas, Corpo de Bombeiros, Superintendência Regional de Saúde, OAB, Settra, Secretaria de Educação, além dos apoiadores Estapar e Ortojuf.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.