Juiz de Fora - MG

Caso suspeito de varíola em JF segue em investigação

Boletim desta quarta-feira (20) confirma um caso da doença na capital, onde há transmissão comunitária da doença

por Redação - 20/07/2022

A notificação suspeita para varíola do macaco em em Juiz de Fora ainda não teve atualização, de acordo com novo boletim epidemiológico emitido pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), nesta quarta-feira. Além dessa ocorrência, há outro caso na cidade que já foi descartado.

Em nota, a Prefeitura de Juiz de Fora informou que, como determina o protocolo, qualquer caso suspeito é passível de investigação e monitoramento. ”Todos os procedimentos necessários estão sendo seguidos. O exame já foi coletado e encaminhado para a Fundação Ezequiel Dias (Funed) em Belo Horizonte.”

O Boletim indicou na atualização desta quarta-feira (20) mais um caso confirmado de varíola dos macacos (monkeypox) em Belo Horizonte. Os exames laboratoriais são realizados pela Funed. De acordo com o Estado, os pacientes estão estáveis e alguns ainda cumprem isolamento, até o término do período previsto.

Houve aumento também entre os casos em investigação. Nas últimas 24 horas, novos sete casos suspeitos da doença foram informados pela SES, o número total de pacientes em investigação é de 43. Seis casos foram descartados no mesmo período, somando 48 totais. Um caso foi classificado como provável.

A SES/MG reforçou que, até o momento, os casos confirmados são todos do sexo masculino, com idades entre 22 e 48 anos, em boas condições clínicas. Há apenas um caso em acompanhamento hospitalar devido à necessidade clínica. Em todas as situações, os contactantes estão sendo monitorados. Somente o município de Belo Horizonte apresenta transmissão comunitária.



Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.