Índice de reclamações de julho

Em julho de 2004, o Procon/JF registrou 791 reclamações em seu sistema de atendimento. Cerca de 30% já foram atendidas, enquanto 60% estão em andamento. Apenas em 15 casos não houve acordo.

O setor mais reclamado foi o de Prestação de Serviços, com 316 casos, seguido dos setores de Serviços Públicos (205), Produtos (145), Assuntos Financeiros (119) e Habitação, com seis casos.

Os planos de saúde impulsionaram o número de reclamações no setor de Prestação de Serviços. Sozinhas, elas registraram 131 casos no último mês, sendo que 106 foram referentes aos reajustes acima de 11.75%, aplicados pela maioria das operadoras.

Na segunda quinzena de julho, as reclamações contra planos de saúde tiveram uma queda de 94%. Isto porque o Procon está agindo de maneira efetiva contra estas empresas. Já entrou com duas ações coletivas contra reajustes abusivos, das quais já recebeu liminar positiva. Fez termo de ajustamento de conduta com a Unimed, em que a empresa se comprometeu a aplicar reajuste de 11.75% e, além disso, tem marcado reuniões periódicas com as operadoras para tentar amenizar e resolver os problemas dos consumidores.

O Procon atende de segunda a sexta, das 9 às 17 horas, no 2º piso do Mercado Municipal. Quem tiver dúvidas, pode entrar em contato pelos telefones (32)3690-7005 e (32)3690-7006, ou pelo e-mail proconcomunicacao@acessa.com


Reclamações procure o Procon de Juiz de Fora
Horário de funcionamento: De segunda a sexta de 9h às 17h

Procon (Centro)
Procon (Zona Norte)
Avenida Getúlio Vargas, 200
Centro - Juiz de Fora - MG
CEP 36010-110
Telefones: 3690-7005 ou
3690-7006
Avenida Presidente Juscelino Kubtschek, 5351
Nova Era - Juiz de Fora - MG
CEP 36.087.000
Telefone: 3690-7924


Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.