• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura

    Mostra Olhar Digital Alunos do curso de Cinema e TV realizam a primeira exibição de curtas aberta ao público

    Fernanda Leonel
    Repórter
    26/06/2006

    Um olhar diferente, aberto à novas possibilidades e maneiras de enxergar a ficção ou a realidade. Um olhar para transpor as lentes do espaço acadêmico e levar até a íris de muitos juizforanos, um pouco do que muitos alunos produziram durante a graduação.

    Essa é a proposta da Mostra Olhar Digital. A primeira exibição de curtas* aberta à comunidade, produzida pelos alunos do curso de cinema e TV da Universo de Juiz de Fora.

    A mostra sempre foi um projeto do curso. Como explica Franco Gróia, professor do curso de cinema e um dos idealizadores da exibição, desde que foi possível reunir um número mínimo de produções, a universidade apresenta mostras internas dos trabalhos realizados.

    "Tudo acontecia sempre no ínício do período, em nível de calourada. Apresentávamos as produções dos semestres anteriores para todos os cursos da faculdade", explica Gróia.

    O resultado dessas apresentações somado ao bom desempenho dos curtas dos alunos em festivais, como o Primeiro Plano (JF) ou Festival de Cinema Universitário (Nitéroi - RJ), só deram forças para que as idéias saíssem do papel. Mais do que projeto, hoje a Mostra Olhar Digital se prepara para executar a realidade.

    Trinta curtas, que variam de um à 20 minutos, vão ser exibidos em dois dias de mostra. Todos eles, no formato digital, com propostas de ficção ou de descrição da realidade através do documentário. Os curtas apresentados são o resultado de trabalhos acadêmicos de disciplinas que, além da parte teórica, exigem algum tipo de realização técnica.

    Como explica Franco Gróia, as inscrições para exibição na mostra foram abertas para todos os alunos que quisessem participar, independente do período que estavam cursando ou não. Mas o número de trabalhos inscritos acabou fazendo com que uma pré-seleção de trabalhos fosse necessária.

    O responsável pela seleção dos curtas exibidos foi o professor do curso de Cinema e TV, Alexandre Alvarenga, que também está diretamente envolvido com a realização da mostra. Para a definição dos escolhidos, critérios como inovação, idéia que o curta pretendeu discutir e também a duração dos filmes, foram levados em conta.

    Divulgando Cultura
    A idéia da Mostra Olhar Digital é se tornar um evento fixo de divulgação cultural em Juiz de Fora. Como destacou Franco Gróia, a cidade possui uma efervescência cultural muito grande no que diz respeito à música, ao teatro e a poesia, mas ainda é carente de mostras que divulguem e valorizem o audiovisual.

    Para o professor, o curso de Cinema e TV que existe na cidade é uma das únicas fora do eixo Rio-São Paulo, e por esse motivo, é importante reconhecer essa diferença e para fazer dela um potencial.

    "A divulgação do trabalho dos alunos em mostras como essa são de grande importância para que a cidade descubra os talentos que têm."

    Para o animador cultural, através do feed-back que cada futuro cineasta vai ter com a exibição de seus curtas, eles ganham forças para brilhar nacionalmente e, até quem sabe, em mundo de fronteiras tão reduzidas, em escala mundial.

    * A exibição dos curtas acontece na quarta-feira, dia 28 de junho, e na quinta-feira, dia 29, a partir de 19h, no Centro Cultural Bernardo Mascarenhas (CCBM)


    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.