• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura
    Sábado, 26 de março de 2011, atualizada às 11h43

    Projeto Sérgio Lessa seleciona oito espetáculos a serem apresentados no Cine-Theatro Central

    Da Redação
    Montagem com imagens dos espetáculos

    Oito espetáculos de expressões artísticas distintas foram os congratulados deste ano pelo edital do Projeto Sérgio Lessa e terão a oportunidade de se apresentarem no Cine-Theatro Central. Os aprovados terão isenção do aluguel do teatro, além de auxílio com divulgação, como confecção de flyers, impressão de ingressos e apoio junto à mídia local.

    Ao longo de 2011, o espaço receberá espetáculos de teatro, dança e música — e outros, que reúnem diversas linguagens artísticas —, todos valorizando a cultura local, com qualidade, e a preços populares. Os selecionados são o músico Carlos Henrique Pereira, show Correnteza do violonista Hérmanes Abreu, o espetáculo Quadros, do grupo Afrolata, a banda Rama Ruana, a Orquestra de Violões do Conservatório Estadual de Música de Juiz de Fora, o espetáculo infantil A Bela e a Fera, da Isto Cia. Teatral, a sátira Tropa de Elite 2 – da Guarda Municipal da Nova Juiz de Fora do grupo TQ e a peça Retina, da Cia. Ormeu.

    Pianista e violonista, Carlos Henrique Pereira vai aproveitar a oportunidade para gravar o show e produzir um DVD. Hérmanes Abreu vai levar ao palco do Central seu trabalho de jazz contemporâneo, com composições que prezam pela raiz mineira, além da percussão que utiliza instrumentos criados pelos músicos com materiais inusitados. Quem também utiliza materiais recicláveis é o espetáculo Quadros, do grupo Afrolata, valorizando a multiplicidade, com hip hop, arte circense, teatro, dança, percussão e contação de histórias.

    A forte mistura artística é também o que propõe o show da banda Rama Ruana. Sob a inspiração do personagem simbólico do grupo — o índio Anaur —, a apresentação promete ser é um misto de desenhos, sons, imagens, efeitos visuais e de áudio, que interagem de forma conjunta e englobam importantes temas, como discriminação cultural e racial, guerras, aquecimento global e preservação da natureza.

    Com aproveitamento nas áreas pedagógica e artística, a Orquestra de Violões do Conservatório Estadual de Música de Juiz de Fora completa 10 anos em 2011 e, que serão comemorados no palco do Central. Sob a batuta do maestro Vicente Augusto Cimino estão, além dos atuais músicos, antigos alunos que hoje já frequentam universidades de música ou trabalham em outras orquestras.

    O clássico infantil A Bela e a Fera é a nova aposta da Isto Cia. Teatral. A história, já conhecida por todos, ganha nova versão que trata de uma realidade individual e coletiva, parte do cotidiano. A Cia. Ormeo leva ao teatro a estreia de seu novo espetáculo, Retina – trilogia final, dirigido por Daniela Guimarães. O grupo de artistas trabalha na investigação de interação das linguagens cênicas, realizando o intercâmbio entre dança, teatro, cinema, artes visuais, música e literatura. A sátira Tropa de Elite 2 – da Guarda Municipal da Nova Juiz de Fora repete o sucesso da primeira versão da peça do grupo TQ.

    Suplentes

    Dois projetos suplentes ainda foram selecionados, caso haja alguma desistência entre as propostas aprovadas: o lançamento do segundo CD de Kika Tristão e o espetáculo Gaitas da Cidade. Espetáculo marcante em Juiz de Fora, o Gaitas da Cidade foi congratulado anteriormente pelo Projeto Sérgio Lessa, em 2009. Naquele ano, o palco do Central reuniu gaitistas juiz-foranos que dividiram o espaço com músicos de expressão nacional. Já a proposta de Kika Tristão é a realização do show de lançamento de seu segundo álbum solo, que apresenta músicas inéditas, privilegiando os compositores locais.

    Os textos são revisados por Thaísa Hosken

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.