Quinta-feira, 29 de setembro de 2011, atualizada às 17h54

Documentário do juiz-forano Marcos Pimentel vence concurso latino-americano

Jorge Júnior
Repórter
marcos

O cineasta juiz-forano Marcos Pimentel venceu o terceiro Programa de Fomento à Produção e à Teledifusão de Documentários Latino-americanos, o DOCTV América Latina III, com o projeto do documentário Horizontes Mínimos, selecionado pelo júri brasileiro.

O prêmio é uma verba de US$ 70 mil, que deverá ser usada para a realização do trabalho de até 52 minutos. O filme será exibido nas emissoras de TV pública que participam da rede. "O tempo do documentário é padronizado, porque entra na grade da rede televisa de 60 minutos. No país, o filme será exibido na TV Cultura e na TV Brasil."

Além disso, os vencedores de cada país, assim como o realizador e o produtor, participarão de uma oficina de desenvolvimento de projetos em Havana, Cuba, de 17 a 20 de outubro. Os ganhadores irão trabalhar juntos, com tutores especializados, para concretização dos projetos. A previsão é de que os filmes sejam exibidos a partir do segundo semestre de 2012.

Pimentel, que tentou pela terceira vez a premiação, representa o Brasil no programa, uma que vez que o DOCTV só contempla um projeto dentro dos 15 países que compõem o arco institucional do evento. No total, foram inscritos 366 filmes. "Na primeira edição, em 2006, fiquei entre os três finalistas e na segunda não fui selecionado", conta.

Após as tentativas, vencer o concurso, segundo o juiz-forano, é motivo de orgulho. "Como é um concurso para todos os países da América Latina, existe uma seleção muito grande de cada inscrito. Ganhar o prêmio e representar o Brasil é muito gratificante, por ser um concurso difícil. Além disso, o documentário será exibido em todo o Brasil em outros países", diz o cineasta.

Pimentel adianta que "o filme acompanha diferentes personagens e busca os desejos cotidianos, atrás de pessoas comuns, que seguem seus desejos."

Os textos são revisados por Thaísa Hosken

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.