Segunda-feira, 9 de abril de 2012, atualizada às 17h20

Abertas as inscrições para o II seminário sobre o patrimônio de Juiz de Fora

  Da Redação
patrimonio

Começa nesta segunda-feira, 9 de abril, as inscrições para o II Seminário Olhar Sobre o que é Nosso, que será realizado nos dias 24, 25 e 26 de abril. A participação é gratuita e os interessados devem fazer as inscrições até o dia 20 de abril, de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h30 e das 14h às 18h, na Divisão de Patrimônio Cultural (Dipac) da Funalfa, na avenida Rio Branco 2.234, Centro.

O evento chega à sua segunda edição, focando o tema Patrimônio, Cultura e Educação. São disponibilizadas 150 vagas para Juiz de Fora e municípios da região. Professores, arquitetos, advogados, historiadores, vereadores, corretores de imóveis, servidores públicos municipais, turismólogos, membros de conselhos municipais de patrimônio cultural e estudantes constituem o público-alvo do evento. No entanto, a participação é aberta a toda a comunidade que tiver interesse pelo tema.

A palestra inaugural do seminário será ministrada pelo presidente do Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e coordenador do Programa Monumenta do Ministério da Cultura, Luiz Fernando de Almeida. Especialistas de Minas, Rio e São Paulo também participam da programação. Será conferido certificado aos participantes.

O II Seminário Olhar Sobre o que é Nosso ocorre no Auditório do Banco do Brasil, na rua Halfeld 770, e tem como objetivos despertar o interesse e destacar a importância da preservação do patrimônio cultural, possibilitar a atualização de conhecimentos sobre o tema, além de incentivar as políticas de preservação. Confira.

Dia 24/04 (terça-feira)

13h – Credenciamento

14h – Abertura oficial com o superintendente da Funalfa, Toninho Dutra, a secretária de Educação, Eleuza Barboza, a representante do Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Cultural (Comppac), Maria Salete Ferreira Figueira.

14h30 – Palestra "Patrimônio, Cultura e Educação", com Luiz Fernando de Almeida, presidente do Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e coordenador do Programa Monumenta do Ministério da Cultura.

15h30 – Palestra "Patrimônio imaterial sob a ótica da cultura e educação", com Célia Maria Corsino, museóloga e diretora do Departamento do Patrimônio Imaterial do Iphan.

17h – Debate

18h – Encerramento

Dia 25/04 (quarta-feira)

14h30 – Palestra "Patrimônio cultural e cultura", com José Reginaldo Santos Gonçalves, PhD em Antropologia Cultural pela Universidade de Virgínia (EUA) e pesquisador Associado III do Programa de Pós-graduação em Sociologia e Antropologia do Instituto de Filosofia e Ciências Sociais da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

15h30 – Palestra "Patrimônio cultural e educação", com Lygia Baptista Pereira Segala Pauletto, pós-doutora pela École des Hautes Études em Sciences Sociales e pelo Centre D'Étude du Développement em Amérique Latine, ambos na França. Coordenadora do Laboratório de Educação Patrimonial da Faculdade de Educação da Universidade Federal Fluminense (UFF).

17h – Debate

18h – Encerramento

Dia 26/04 (quinta-feira)

14h30 – Palestra "Patrimônio cultural: um novo campo de ação para os professores", com Júnia Sales Pereira, da Faculdade de Educação da UFMG, uma das coordenadoras do Laboratório de Estudos e Pesquisas em Ensino de História (Fae/CP-UFMG).

15h30 – Palestra "Educação patrimonial na perspectiva transdisciplinar", com Adriana Piva, mestre em educação pela UFMG e bacharel em Filosofia pela Universidade de São Paulo (USP).

17h – Debate

18h – Encerramento

Os textos são revisados por Mariana Benicá

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.