• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura
    Quinta-feira, 23 de agosto de 2012, atualizada às 18h

    Festival Ibitipoca Blues homenageia Celso Blues Boy e terá atração internacional

    Nathália Carvalho
    Repórter
    Ibitipoca Blues

    Trazendo atrações nacionais e internacionais, o Festival Ibitipoca Blues chega a sua 13ª edição e, neste ano, irá homenagear o músico Celos Blues Boy, que morreu no último dia 6 de agosto, aos 56 anos, vítima de um câncer na garganta. O evento ocorre nesta sexta-feira e no sábado, dias 24 e 25 de agosto, em Conceição do Ibitipoca, distrito de Lima Duarte.

    De acordo com o organizador do Festival, Daniel Veloso, o tema deste ano, assim como em 2011, está relacionado com a conscientização ecológica e socioambiental, além das iniciativas culturais. "A ideia é aliar a música às questões ambientais em um mesmo evento. Ofereceremos oficinas de instrumentos musicais aberta ao público e, os mesmos músicos que irão dar aula, vão voltar ao longo do ano para repetir a prática às crianças de Ibitipoca", explica. Além disso, este ano, o camarote do acontecimento traz o nome do cantor e compositor Celso Blues Boy. "Faremos uma homenagem surpresa durante o festival", garante Veloso.

    Dando continuidade ao projeto Lixo Zero, com o apoio do Parque Estadual de Ibitipoca, serão instalados 15 pontos de lixeiras em locais estratégicos ao longo do arraial de Ibitipoca. As lixeiras serão duplas, sendo uma destinada ao lixo seco e outra ao úmido. A prática se estende durante um ano, até a realização do próximo festival, marcado para agosto de 2013. "Além deste projeto, buscamos a conscientização ambiental por meio das camisas do evento, nas quais 50% da malha é feita a base de garrafas pet, e com a distribuição de canecas para diminuir o uso de copos descartáveis", explica.

    Programação

    No primeiro dia de evento, quem sobe aos palcos é o grupo Irmandae do Blues, o cantor Artur Menezes e a atração internacional é Omar Coleman, dos Estados Unidos. Já no sábado, 25, é a vez de Jefferson Gonçalves, Adriano Grineberg e Beale Street. Ainda no segundo dia, ocorre as oficinas, que serão abertas ao público. A que irá ensinar um pouco da gaita será com o professor Jefferson Gonçalves, a do Blues com Adriano Grinbert, e as oficinas de artesanato irão oferecer ensinamentos sobre a técnica de papel machê.

    O valor dos ingressos é de R$ 45 (pista) na sexta-feira, R$ 55 (pista) no sábado e o de passaporte pista para os dias sai a R$ 85. De acordo com o organizador, esse preço refere-se à meia entrada, porém, este preço será o mesmo para quem paga entrada inteira, mas acrescido de doação de livros. "Os livros arrecadados serão doados para a Associação Caminho da Serra, uma biblioteca itinerante", explica. Segundo Veloso, na última edição do evento, foram arrecadados mais de 1.500 livros.

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.