• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura

    Gustavo Mendes volta ao palco do Central neste domingo

    O comediante apresenta o sucesso Mais que Dilmais, dentro da programação da Campanha de Popularização do Teatro e da Dança

    Eduardo Maia
    Repórter
    22/01/2014

    O humorista Gustavo Mendes volta a Juiz de Fora neste domingo, 26 de janeiro, para apresentar a peça Mais que Dilmais, dentro da programação da 13ª Campanha de Popularização do Teatro e da Dança. A desenvoltura na imitação da presidente Dilma Rousseff e, no sucesso mais recente, Maria Bethânia cantando Valeska Popozuda, poderão ser conferidos no Cine Theatro Central, às 18h30 e 20h30. Os ingressos já estão à venda no trailer da Campanha, instalado no Parque Halfeld, no Centro.

    Em entrevista ao Portal ACESSA.com, o artista retrata o carinho e a consideração que tem pelo seu berço artístico, a cidade de Juiz de Fora. "Minha escola de humor é o bar. Os bares nos quais eu me formei são os de Juiz de Fora, que tem um público que não é turístico. Fiquei nove anos na cidade e quem ia me assistir na quinta, era o mesmo que me assistia no sábado. Por isso, estou sempre ligado ao que acontece aí. Estou fazendo um show na sala da minha casa, para os meus amigos. No teatro de 1.800 lugares, estou fazendo um show para 3.600 amigos, já que a gente espera fazer duas sessões", conta.

    Mendes destaca a sua participação na Campanha de Popularização, desde os 16 anos, e também critica a falta de reconhecimento que o poder público dá ao evento. "A maioria dos artistas que participam são pessoas que só têm a oportunidade de se apresentar na campanha. Juiz de Fora é uma cidade rica de talentos, onde o público ama os seus artistas, tem sede de cultura, mas o poder público não incentiva. A cidade, neste período, mostra para os seus governantes, para a Funalfa, que quer teatro. Para a Funalfa, é como se a campanha não existisse. É uma pena. Independente do sucesso, eu precisava estar na campanha, para dar um abraço nos meus amigos e dizer que é possível fazer sucesso, viver da arte", desabafa.

    O espetáculo

    Gustavo diz que já prepara novas abordagens dentro do espetáculo Mais que Dilmais, sucesso de público em diversas capitais do país. "Sou aquariano, enjoo do meu próprio show. O humor é uma arte muito viva, está sempre passando por algumas modificações. O show acaba sendo muito diferente."

    À personagem principal, a presidente Dilma Rousseff, ele atribuiu a figura de 'mãe do povo', uma tentativa dos marqueteiros para emplacar a imagem da candidata no princípio da campanha de 2010, e que rendeu o reconhecimento nacional. "A Dilma surgiu como uma brincadeira. Não tinha a menor intenção de fazer um grande personagem. Era muito discreta e isso me obrigou a criar uma personalidade, mais do que imitá-la. Eu fazia piadas no meu show sobre a mãe que brigava: 'eu amo tanto esse menino que eu matava ele' (brinca). Eu fazia esse 'morde e assopra' e coloquei isso na Dilma. Deu certo, virou um fenômeno. Virei um porta voz extraoficial dela, pois no início ela não se pronunciava muito."

    Novo hit na internet

    Nas redes, o novo sucesso de Gustavo Mendes é a imitação da cantora Maria Bethânia, cantando o novo single da cantora Valeska Popozuda. Até o momento, o vídeo já soma quase 100 mil visualizações no Youtube e mais de 300 compartilhamentos na página do artista no Facebook. "Eu acho isso muito louco. Não há uma fórmula. O fenômeno aconteceu quando fui ao show da Valeska. No dia da minha apresentação, o Júlio [Fonseca, músico] fez um floreado no teclado e eu comecei a cantar. O Alex, meu empresário filmou e me mandou por Whatsapp e eu postei. Não foi nada planejado. Eu estou fora da internet desde o vídeo do Marco Feliciano. Não estou numa rotina de vídeos para a internet", diz.

    Sobre a sua atuação na TV, Gustavo diz que está em fase de renovação de contrato, mas está aberto a novas propostas. "Eu ainda estou na Globo, estudando propostas. O que eu decidi foi que eu não faria o Zorra mais. Estou estudando para onde eu vou. Negociando mais dentro da emissora, com calma. Quero emplacar alguns projetos meus. A TV Globo tem aberto a cabeça para a internet. Quero fazer algumas coisas importantes. O Zorra foi bacana, mas um ciclo que terminou", conclui.

    Ponto GG

    Ao lado de seu "mentor espiritual de humor", o humorista Gueminho, Gustavo também apresenta o espetáculo Ponto GG dentro da Campanha, no dia 9 de fevereiro, às 20h30, também no Central. "Quando eu era criança, meu sonho era fazer parte do TQ [Teatro de Quintal]. Eles são a minha maior referência. Quando surgiu a oportunidade de fazer o trabalho com o Gueminho era a realização de um sonho. O Ponto GG é uma hora de lazer, é a hora que estou brincando no palco. A gente fala sobre sexo, um assunto que a gente adora falar, mas como a gente está trabalhando muito, a gente tem feito pouco (risos). O show vem com novidades, quem foi no ano passado pode voltar", convida.

    Serviço

    Mais que Dilmais - Gustavo Mendes
    Cine Theatro Central
    Domingo, 26 de janeiro, 18h30 e 20h30 - Comédia - 14 anos - Duração: 90 minutos
    Ingressos: R$ 12

    Ponto GG - Gueminho Bernardes e Gustavo Mendes
    Cine Theatro Central
    Domingo, 9 de fevereiro - 20h30 - Comédia - 14 anos - Duração: 90 minutos
    Ingressos: R$ 12

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.