2º Festival de Gargalhadas começa na próxima semana em JF

Idealizado pelo ator, diretor e produtor Cláudio Ramos, evento traz oito peças de comédia ao Pró-Música

Lucas Soares
Repórter
2/05/2014

Anote na agenda. Na próxima sexta-feira, 9 de maio, começa a segunda edição do Festival de Gargalhadas em Juiz de Fora. O ator, diretor e produtor Cláudio Ramos, responsável pela elaboração do projeto, lembra como surgiu a ideia. "Muitas pessoas nos falavam para fazer outra campanha, semelhante à de popularização do teatro. Quando se faz uma campanha, o preço da peça é diferenciado, mais barato, para um espetáculo de qualidade. Entre uma campanha e outra, havia um espaço muito grande. Então eu resolvi criar o festival", conta.

Segundo Ramos, em 2013, na primeira edição do festival, mais de 500 espectadores foram ao Pró-Música, durante quatro finais de semana, e assistiram a sete comédias e três espetáculos infantis. Para a segunda edição, oito comédias de sucesso, sendo quatro espetáculos que não participaram no ano passado, estão na programação deste ano.

Cunho Social

Outra característica do Festival de Gargalhadas é a aproximação das áreas cultural e social. De acordo com o produtor, a arte caminha junto com a sociedade. "No ano passado arrecadamos 2480 caixas de leite. Colocamos os ingressos a R$ 30 a inteira e R$ 15 a meia-entrada, mas se o espectador levar uma caixa de 1 litro de leite, o ingresso sai por R$ 10. Em 2013, o leite arrecadado foi doado para três instituições da cidade, Abrigo Santa Helena, Creche Antônio e Maria Geny, em Santa Cruz, e Instituto Maria. Este ano a expectativa é de um público maior e mais doações", conta.

No entanto, para fazer uso do desconto, a doação do leite deve ser feita no ato da compra do ingresso. As bilheterias do Pró-Música funcionam diariamente de 13h às 19h, e em dias de shows, até às 21h.

Espetáculos

Entre os espetáculos previstos, cinco serão apresentados por Cláudio Ramos: O Filho da Mãe, Minha Sogra é Um Pitbull, Fulaninha e Dona Coisa, Lugar de Mulher... Uma Sátira ao Machismo e Velório À Brasileira, sendo as duas últimas ainda não apresentadas no festival. "Eu trabalho com teatro em Juiz de Fora desde 2007, mas somando tudo, já são 31 anos", afirma.

De Belo Horizonte, a comédia Como Sobreviver em Festas e Recepções com Buffet Escasso, do premiado ator Carlos Nunes vai fechar o festival no dia 1º de junho. Outra peça de sucesso que fará parte do evento é Os Homens Querem Casar e as Mulheres Querem Sexo, do ator Marcelo Ricco.

Programação

MINHA SOGRA É UM PITBULL

Dia 9 de maio, às 20h

Dia 17 de maio, às 18h

Dia 24 de maio, às 18h

Classificação 10 anos

LUGAR DE MULHER... UMA SÁTIRA AO MACHISMO

Dia 10 de maio, às 20h30

Dia 18 de maio, às 20h30

Classificação: 10 anos

O FILHO DA MÃE

EM HOMENAGEM AO DIA DAS MÃES

Dia 11 de maio, às 19 horas

Dia 31 de maio, às 18 horas

Classificação: 10 anos

VELÓRIO À BRASILEIRA

Dia 17 de maio, às 20h30min

Dia 23 de maio, às 19 horas

Dia 01 de junho, às 20h30min

Classificação: 14 anos

FULANINHA E DONA COISA

Dia 18 de maio, às 18 horas

Classificação: livre

OS HOMENS QUEREM CASAR E AS MULHERES QUEREM SEXO

Dias 23 e 24 de maio, às 21 horas

Classificação: 14 anos

COMI UMA GALINHA E TÔ PAGANDO O PATO

Dia 31de maio, às 21 horas

Classificação: 14 anos

COMO SOBREVIVER EM FESTAS E RECEPÇÕES COM BUFFET ESCASSO

Dia 01 de junho, às 18 horas

Classificação 12 anos

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.