Sexta-feira, 6 de outubro de 2017, atualizada às 15h34

Livro Água Grande é lançado pela Lei Murilo Mendes nesta sexta

Da redação

A força da natureza e a mística indígena ajudam a contar a história de dois amigos, “Pituna” e “Mu”, no livro “Água Grande", da autora Lenir Vicente. A obra tem lançamento marcado para esta sexta-feira, 6 de outubro, às 18h, na “Livraria Leitura”, na avenida Rio Branco, 2161,  Centro. A publicação foi viabilizada pela Lei de Incentivo à Cultura “Murilo Mendes”, da Fundação Cultural Alfredo Ferreira Lage (Funalfa).

O livro é a estreia da autora na literatura. Uma história de ficção, em que Lenir buscou o lúdico cenário de sua infância, às margens do rio Paraibuna, para contar a vida de aventuras de uma turma de meninos da periferia de Juiz de Fora. Além disso, o texto é valorizado com o projeto gráfico do designer e professor Tadeu Costa, também criador das ilustrações, que conversam de forma harmoniosa com o texto.

De acordo com a autora, o livro é uma homenagem ao seu pai, Alcides Vicente, um "mateiro", com quem aprendeu a amar a natureza. “Ele era muito ligado às raízes, e eu e minhas irmãs sempre ficávamos em volta dele feito abelhas. Era uma pessoa muito bonita, um homem simples e de grande intensidade. A história do livro é como se fosse o quintal da minha infância, são muitas lembranças!”, conta Lenir.


Com informações da Funalfa

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.