• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura
    Quinta-feira, 26 de julho de 2018, atualizada às 15h22

    Concerto de Veruschka Mainhard apresenta canções de Lorenzo Fernández

    Da redação

    O compositor brasileiro de ascendência espanhola, Oscar Lorenzo Fernández será homenageado no concerto que a cantora camerista Veruschka Mainhard realizará no Teatro Pró-Música, dia 27 de julho. A solista será acompanhada ao piano por Marcus Medeiros, diretor artístico do Festival Internacional de Música Colonial Brasileira e Música Antiga, e por um quinteto de cordas. A apresentação terá início às 20h.

    A homenagem acontecerá exatamente um mês antes de completarem-se os 70 anos de morte de Fernández, músico que foi fundador do Conservatório Brasileiro de Música e professor do Instituto Nacional de Música (hoje Escola de Música da UFRJ) e que teve importante atuação no campo da educação musical brasileira, como colaborador de Villa-Lobos na fundação da Superintendência de Educação Musical Artística do Distrito Federal (SEMA).

    Pertencente à Segunda Geração Nacionalista, o compositor iniciou-se na música a conselho do seu médico que, após uma crise nervosa do rapaz, então aspirante ao curso de Medicina, o orientou a estudar música como terapia. Embora o autor não tenha deixado uma obra tão vasta quanto a de alguns de seus contemporâneos, seu trabalho revela, segundo Veruschka Mainhard, uma nítida preocupação com a lapidação da forma, além de “refinamento melódico e harmônico próprios de um artesão musical”.

    Para Veruschka Mainhard, o cancioneiro do compositor demonstra que ele foi um “mestre da ambiência sonora para a declamação dos poemas que cuidadosamente seleciona”, e que ele, detentor de uma “cultura literária ímpar”, soube musicar com maestria. Das 46 canções compostas por Fernández para canto e piano, seis ainda se encontram perdidas e 20 mereceram um versão para voz e conjunto de câmara, voz e quarteto de arco (como o autor costumava nomear o quarteto de cordas) com e sem a participação de um contrabaixo, e voz e orquestra.

    Muitas dessas transcrições foram elaboradas para execução em concerto com a cantora Edir Tourinho (ou Edyr de Fabris, nome de solteira da soprano), que foi a campeã de estreias de canções de Lorenzo Fernández. Como destaque, Veruschka cita Toada p’ra você, sobre poesia de Mário de Andrade. Considerada como a mais representativa canção da estética nacionalista, ela originou o movimento conhecido como “voceísmo”, que inspirou outros compositores, como Francisco Mignone e Camargo Guarnieri. A canção conquistou grande sucesso de crítica e público, tendo esgotado sua publicação de mil exemplares em uma semana.

    O programa do concerto apresenta uma seleção de canções para voz e piano e voz e quarteto ou quinteto de cordas.

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.