• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura
    Sexta-feira, 3 de janeiro de 2020, atualizada às 17h13

    Campanha de Popularização do Teatro & Dança de JF começa dia 10 de janeiro

    Angeliza Lopes
    Repórter

    A partir de segunda-feira, 6 de janeiro, começam a ser vendidos os ingressos para a 18ª edição da Campanha de Popularização do Teatro & Dança de Juiz de Fora. A abertura será na próxima sexta, 10, com espetáculo 'Urbana', às 19h, no Teatro Paschoal Carlos Magno. As 26 peças de teatro adulto e infantil, dança e cenas curtas, vão ocupar os principais palcos da cidade até o dia 2 de fevereiro. Confira detalhes das peças que vão participar desta edição da Campanha na Agenda da ACESSA.com.

    Devido a crise financeira e de recursos para apoio pela Secretaria de Estado de Cultura de Minas Gerais e Funalfa, o evento não foi realizado em 2019. Neste ano, ele retornou para os meses de janeiro e fevereiro. O presidente da Associação dos Produtores de Artes Cênicas de Juiz de Fora (Apac/JF), Cristiano Fernandes, explica que a organização decidiu voltar com a campanha para os primeiros meses do ano com intenção de reduzir o espaço deixado pelo cancelamento de 2019.

    "Em 2018, realizamos a 17ª edição em agosto, atendendo ao pedido do público e da classe artística da cidade. Tivemos grande sucesso com a mudança, mas, neste ano, optamos fazer no início para que o evento não ficasse tão distante. Também aprimoramos a programação, assim, vamos poder avaliar o que funciona e não funciona para as próximas edições", detalha.

    Ingressos

    Durante 24 dias, serão 26 espetáculos de teatro e dança, com 25 adultos, 12 Cenas Curtas, três infantis e duas danças. Veja programação completa em anexo.

    Os destaques deste ano são as peças: 'Urbana' (10/1), do Rio de janeiro, que abre a programação; 'Frau Amália' (11/1), de Belo Horizonte, que retorna pela segunda vez à cidade, com entrada gratuita - única atração da Campanha com entrada franca; e 'Rinoceronte' (16 a 19/1), do Rio de Janeiro. Além da 'Mostra de cenas curtas' com 12 minutos, cada, no dia 12 de janeiro, às 18h, no CCBM.

    Os ingressos começam a ser vendidos no trailer da Apac, no Parque Halfeld, Centro de Juiz de Fora, a partir do dia 6 de janeiro, aberto de segunda a sexta, de 13h às 19h, aos sábados, das 10h às 19h, e aos domingos de 14h às 19h. Os preços custarão, antecipadamente, apenas R$10. Na bilheteria do teatro custarão o preço normal, R$30 a inteira.

    Você na Campanha

    Com slogan 'Você na Campanha', a campanha pretende trabalhar dois quesitos vistos como essenciais dentro da produção cênica e artística: a receptividade e aproximação do público com a arte e o pensamento e esforço coletivo da classe artística local.

    Para tornar produtivo o diálogo com foco na construção de uma agenda cultural na cidade, será realizado, pela primeira vez, uma Roda de Conversa entre poder público e artistas. "A intenção é criar um planejamento para que não aconteçam no município ações simultâneas, evitando que elas se tornem concorrentes", detalha Cristiano.

    Além da Roda, ocorre durante a programação o tradicional Fórum de Artes Cênicas, pelo Conselho Municipal de Cultura, além de encontros semanais entre os produtores dos espetáculos da semana, com intuito de discutirem sobre processos criativos. "Os encontros semanais são mais voltados para os produtores, mas, vamos divulgar as datas durante a programação", diz Cristiano.

    O evento também será espaço para que produtores e artistas discutam localmente sobre polêmicas de intolerância à produções culturais, como boicotes, ataques e restrições registradas durante 2019 em todo país. "É inevitável não falar sobre isso. Esta nova edição da campanha é uma forma de resistir com produção. Manter a liberdade de criação dentro das produções artísticas é uma das formas de provocar a mudança de pensamento, e, da mesma forma que a educação, a arte está sendo atacada. Por isso, é importante aproximar o público e mostrar que ele é co-criador de todo processo criativo", enfatiza o presidente da Apac/JF.

    Oficinas

    Cristiano Fernandes reforça que as duas oficinas pretendem trazer para o meio artístico da cidade novos diálogos e olhares para aprimoramento das criações. Um deles será com Glaucy Fragoso que tem como objetivo construir o palhaço, iniciante ou não, tendo como base o treinamento da técnica de comicidade a partir do uso de um corpo consciente, expressivo, criativo e cômico. Já o segundo tem como tema 'Tempo e o Espaço', com facilitador Ricardo Rocha.

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.