• Assinantes
  • Autenticação
  • Direitos Humanos
    matéria em audio

    Projeto Construindo bem viver Iniciativa capacita e gera renda para comunidade carente
    da Vila São Jorge, no bairro Poço Rico, em Juiz de Fora


    Renato Costa
    Colaboração*
    02/12/2006

    doces produzidos pelo projeto 
Construindo o Bem Viver

    Os moradores da Vila São Jorge, no bairro Poço Rico, buscam transformar a realidade em que vivem com as próprias mãos. Desde 2002, o projeto Construindo o Bem Viver atua na comunidade, com o objetivo de capacitar e gerar renda através do esforço conjunto de todos.

    Iniciativas como aulas de inglês gratuitas e a produção de doces e salgados fazem parte da rotina de quem está envolvido com o projeto. Na cozinha da casa paroquial da igreja Menino Jesus de Praga 12 jovens aprendem a produzir doces e salgados. Maria Inês Reis (na foto, à esquerda), assistente social responsável pelo projeto, explica que se aprende muito mais. "Aqui eles conversam sobre os temas do dia a dia, além de se integrarem e se conhecerem melhor. Isso reflete no relacionamento em casa, e na integração da comunidade com o resto do bairro", conta.

    doces produzidos no Projeto doces produzidos no Projeto

    Keila Santos (na foto abaixo, segunda à esquerda), uma das alunas do projeto, concorda. "O tempo que a gente ficava na rua era desperdiçado. Agora eu aprendo e posso ensinar aos outros," diz. Para Rafael Souza (foto), o aprendizado não fica só na aula. "O que eu aprendo a fazer aqui, também posso fazer em casa".

    Parcerias
    voluntários do projeto Construindo o Bem Viver

    O Construindo o Bem Viver conta com o auxílio de algumas empresas privadas para se sustentar. Atualmente, recebe uma colaboração do Fundo da Solidariedade da Arquidiocese de Juiz de Fora. Porém, o recurso termina neste mês. "Como o Fundo tem que contemplar várias outras iniciativas, não sabemos se vamos continuar a receber a ajuda. Por isso, precisamos de parceiros que criem um convênio conosco", alerta Maria Inês.

    O curso funciona durante três dias na semana, na igreja do Menino Jesus de Praga (Rua Pinto de Moura, 70). Inês afirma que as parcerias são fundamentais para a continuidade do projeto. "Gostaríamos de trabalhar durante todos os dias, mas não temos como bancar todos os custos, e ainda não há saída suficiente para isso. Um hospital da cidade nos propôs uma parceria de compra mensal, mas se não tivermos apoio para produzir não temos como aceitar", explica.

    Como colaborar?

    doces produzidos pelo projeto Construindo o Bem ViverO projeto precisa de parceiros que possam firmar um convênio, de maneira a garantir a permanência das atividades. Os alunos do projeto produzem sob encomenda, inclusive com cestas especiais para o Natal. Os interessados podem entrara em contato pelo telefone 3211-2664 (Casa Paroquial da Igreja).

    *Renato Costa é estudante do 10º período de jornalismo da UFJF

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.