• Assinantes
  • Autenticação
  • Direitos Humanos

    Terça-feira, 10 de março de 2009, atualizada às 16h34

    Programa Doador do Futuro conscientiza jovens sobre a doação de sangue no bairro Ipiranga


    Clecius Campos
    Repórter

    O Hemocentro de Juiz de Fora iniciou na manhã desta terça-feira, 10 de março, mais uma ação do programa Doador do Futuro. Funcionários da instituição visitaram alunos da Escola Municipal Gabriel Gonçalves da Silva, no bairro Ipiranga, e explicaram o processo da doação de sangue para crianças e adolescentes.

    De acordo com a funcionária responsável pela captação de doadores do Hemocentro, Ana Eliza Alvim, a ideia é, além de esclarecer dúvidas e mitos sobre a doação de sangue, conscientizar os estudantes, na expectativa de que sejam doadores no futuro. "Usamos um material audiovisual, com linguagem específica para esse público. Tentamos também desmitificar algumas informações erradas, como a de que doar sangue engorda ou emagrece, por exemplo", informa.

    Segundo Ana Eliza, os alunos receberam a equipe de captação com muito entusiasmo e inúmeras perguntas. "Os alunos, como sempre, estavam bem curiosos e mostraram muito interesse em doar. A maioria pareceu ansiosa para completar 18 anos para poder colaborar", diz.

    Após a visita do Hemocentro, os alunos recebem uma missão especial. "Incentivamos as crianças e adolescentes a conquistar doares em casa, no bairro, entre amigos e familiares. É um apoio a mais para quem precisa de sangue." A ação continua na mesma escola até a próxima quinta-feira, 12.

    Ana Eliza afirma que o programa existe desde 1991 e tem dado bons frutos. A funcionária informa que cerca de 50% dos doadores juizforanos estão entre os 18 e 29 anos, faixa etária considerada jovem pelo Ministério da Saúde. "Às vezes, esbarramos com pessoas que dizem terem sido visitadas em suas escolas e, por isso, resolveram doar. Outros comemoram o aniversário de 18 anos, doando sangue."

    Conforme Ana Eliza, todas as escolas de Juiz de Fora receberam uma carta de apresentação do projeto e um convite para participar. Para agendar uma visita, o responsável pela escola deve entrar em contato com a seção de Captação e Cadastro do Hemocentro de Juiz de Fora, pelo telefone (32) 3257-3113.

    Jovens maiores de 18 anos

    O Hemocentro faz também campanhas com jovens maiores de 18 anos, que podem ser doadores. Segundo Ana Eliza, os trabalhos, em sua maioria, são realizados através das faculdades. "Exploramos bastante a doação na questão do trote solidário. É uma forma de envolver mais os jovens", diz.

    Os textos são revisados por Madalena Fernandes

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.