Terça-feira, 27 de abril de 2010, atualizada às 17h30

Estudantes mobilizam pais para doação de sangue

Aline Furtado
Repórter

Com a proposta de conscientizar por meio da solidariedade, alunos de uma escola localizada no bairro Santa Terezinha, participaram, nesta terça-feira, 27 de abril, de uma ação desenvolvida junto ao Hemocentro de Juiz de Fora.

Durante o evento, pais e amigos dos alunos de 10 a 14 anos tiveram oportunidade de efetuar a doação de sangue na própria instituição de ensino, incentivados pelos estudantes.

De acordo com o professor da disciplina Ética e Cidadania, Marcelo Esperança, entre as atividades desenvolvidas com os alunos estão o estímulo à doação, a visitação a abrigos e a discussão a respeito da acessibilidade. "Com este evento, tivemos oportunidade de colocar em prática aquilo que vimos na teoria."

Segundo o professor, os alunos demonstraram emoção ao assistirem aos pais efetuando a doação de sangue. "Como as crianças e os adolescentes não podem doar, eles acabam enxergando o ato dos pais como demonstração de heroísmo. Isto serve de exemplo para que se tornem doadores no futuro."

Esperança afirma que os alunos conseguiram sensibilizar 68 adultos para a doação. Contudo, nem todos os interessados puderam efetuá-la. A assistente social do Hemocentro, Eliane Gomes, informa que foram coletadas 35 bolsas durante o evento na escola. Segundo ela, este é um período considerado crítico pela instituição. "Como as pessoas tendem a desenvolver doenças alérgicas nesta época do ano, o número de doadores cai."

Além disso, as pessoas vacinadas contra a Gripe A devem ficar quatro semanas sem doar sangue, o que também contribui para que o estoque fique reduzido. A instituição já registra queda de 50%. "Por isso lembramos aos doadores sobre a importância de passar no Hemominas e fazer a doação antes de tomar a dose."

Eliane conta que, durante a ação, algumas pessoas relataram que eram doadoras, mas que, como deixaram de doar por um tempo, o ato serviu como estímulo. "O mais importante não é o número de bolsas coletadas, mas sim o trabalho de incentivo que vem sendo desenvolvido. Estes estudantes podem atuar como disseminadores da ideia em suas comunidades."

Os textos são revisados por Madalena Fernandes

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.