Elizabeth Soares Elizabeth Soares 9/6/2009

Equipes de alta performance são resultado de uma boa liderança

GráficosAs empresas que buscam o melhor precisam ter equipes focadas nos objetivos propostos. É essencial que estas empresas tenham líderes preparados para gerar desenvolvimento, isto é, aprendizado através dos erros e adaptação ágil frente às inovações e mudanças. As palavras de ordem são alinhamento e pró-atividade.

Para se obter uma equipe alinhada e pró-ativa, é necessário que cada um saiba qual é o papel do grupo dentro da organização e o que devem fazer na prática para gerar o resultado final desejado. A equipe não descobrirá isto por si mesma. Quando a liderança comunica a meta de forma clara, fica mais fácil cada um perceber se suas ações estão contribuindo ou não para o resultado planejado.

Um líder que deixa sua equipe sem parâmetros claros abre espaço para uma equipe perdida que não consegue obter resultados de alto nível. Se o foco não está no profissional, onde estará? Nas questões pessoais, rivalidades e fofocas que só geram baixo desempenho e a falta de comprometimento com o grupo, com a empresa e os resultados. Este é o tipo de empresa em que entramos e nos deparamos com colaboradores falando ininterruptamente da vida pessoal, dos colegas ou dos chefes como se nós, clientes, não estivéssemos ali.

Além de comunicar as metas, o líder também precisa apresentar ou gerar junto da equipe os chamados "planos de trabalho", acompanhar o desempenho e oferecer um retorno constante aos seus liderados: é o chamado feedback.

Para gerar aprendizado e se construir uma equipe de alta performance, os erros precisam ser encarados pela liderança como oportunidade de melhoria. No lugar de "bronca", o colaborador recebe uma conversa que avalia suas atitudes e suas ações em função do objetivo esperado. O líder consegue conduzir a conversa de tal forma que o liderado percebe que o que está em julgamento é a situação e não a sua pessoa. O objetivo do feedback é detectar o que não deu certo e buscar alternativas de comportamentos mais eficazes.

Se você é um liderado, assuma a responsabilidade pelo seu próprio desenvolvimento. Reclamar não levará você ao crescimento. Se você é um líder, dê a sua equipe a oportunidade de se desenvolver. Ofereça-lhes as metas, os planos de trabalho e exercite sempre gerar as denominadas conversas de aprendizado (feedbacks). Afinal, uma equipe não nasce pronta, portanto, mãos à obra!



Elizabeth Soares
Psicóloga e Coach Executiva

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.