Elizabeth Soares Elizabeth Soares 16/11/2009


É possível mudar minha equipe?

ilustração representando os empresáriosEm sala de treinamento com diversos líderes, sempre me fazem questionamentos a respeito de como provocar mudanças de atitude nas equipes. As perguntas são várias:

_ Como faço para gerar comprometimento na equipe?

_ Qual é receita para fazer minha equipe ficar mais ambiciosa e tirá-la da acomodação?

_ Como fazer as pessoas se interessarem pelos objetivos do negócio?

A resposta, logo de inicio, pode não agradar. A solução começa na mudança de postura do próprio líder. A questão é: você pode escolher que tipo de resposta dará frente ao comportamento atual de sua equipe a fim de obter resultados diferentes.

Comece perguntando a si mesmo:

* “Quando olho para a minha equipe, onde estou colocando meu foco, investindo meu tempo e a minha energia”?

O fato é que nós não temos o poder de mudar as pessoas, podemos apenas influenciá-las. Existem diversos meios para se influenciar outra pessoa, tais como: a empatia, argumentação, o exemplo, o confronto ou até mesmo o afastamento. Acredite que a questão está em como você vê os problemas da sua equipe e onde está concentrando a sua energia.

A segunda pergunta que você deve se fazer:

* “Consigo me relacionar com minha equipe apontando caminhos, mostrando motivos e sentimentos de cooperação ou me prendo pensando em controle, eficiência e regras”?

De nada irá adiantar se concentrar no gerenciamento e controle sem exercer um papel de liderança. Isto será ineficaz.

Caso você esteja disposto a investir na sua postura e se dedicar para influenciar sua equipe positivamente, o autor Stephen Covey indica 6 dicas passos para você praticar:

1) Compreenda sua equipe – antes de querer ser compreendido, procure compreender. Ouça os problemas, tente entendê-los. Quando você ouve: aprende e inspira lealdade.

2) Preste atenção às pequenas coisas – pequenas gentilezas e cortesias com os membros de sua equipe podem fazer muita diferença. Você conseguiria tratar cada um de sua equipe como se fosse um voluntário?

3) Honre seus compromissos – Seja cuidadoso ao prometer algo. Quando não puder cumprir, avise antes se possível. Demonstre que você tem respeito pela sua equipe.

4) Esclareça as expectativas - Procure ouvir e compreender o que a equipe está esperando. Ex.: um feriado está chegando, como será o horário de trabalho? Pergunte e escute.

5) Demonstre integridade pessoal – Procure demonstrar honestidade e justiça. Ex.: defenda sempre uma pessoa que não esteja presente a fim de ganhar a confiança dos que estão presentes.

6) Peça desculpas – Pedir desculpas sinceras quando se comete um erro é sinal de força e maturidade.

Se você acha que agir de acordo com as sugestões acima lhe trará muito trabalho e que sua equipe não mudará, eu lhe digo que você tem razão e que de fato sua equipe não mudará. Entretanto, se você está disposto a experimentar enxergar sua equipe sob novos ângulos, eu lhe digo que você poderá se surpreender com os resultados trabalhando apenas com a única coisa sobre a qual você tem controle: você mesmo! Vá em frente e bom trabalho!



Elizabeth Soares
Psicóloga e Coach-executiva

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.