Elizabeth Soares Elizabeth Soares 8/1/2010

 

PDI: você já tem um?

pessoa fazendo o Plano de Desenvolvimento IndividualTodo novo ano traz uma renovação de esperança, busca de oportunidade e, naturalmente, uma necessidade de reposicionamento de carreira. Dedicar algumas horas durante o primeiro mês do ano para repensar sua trajetória profissional pode lhe render uma consciência maior a respeito do caminho pelo qual você tem percorrido e as escolhas que ainda espera fazer.

O local que você trabalha promove anualmente uma avaliação do seu desempenho e seus resultados? Após esta avaliação, seu líder lhe sugere e negocia propostas para o seu desenvolvimento através de um Plano de Desenvolvimento Individual? Caso isto não ocorra, faça por si mesmo a sua proposta. Cada vez mais são os próprios profissionais que estão tomando a iniciativa para se manter fortes no mercado de trabalho e crescerem em suas carreiras. Escolher o caminho da proatividade lhe trará maiores vantagens do que ficar só na ansiedade, dúvida ou expectativa. Exercitar o papel de profissional-empreendedor significa ir atrás da informação.

Estamos mais do que conscientes de que sem planejamento, qualquer caminho pode nos servir. Portanto, pare, questione-se, reflita e construa um plano de desenvolvimento para se manter um profissional desejável aos olhos do mercado.

Pergunte-se: O que posso ou pretendo fazer para o meu autodesenvolvimento durante este ano?

  • Quais conhecimentos eu preciso adquirir? (livros, palestras, cursos, visitas a outras empresas, revistas especializadas, sites especializados etc)
  • Quais são as atitudes que desejo me dedicar a desenvolver este ano? Como me vejo agindo ao longo deste ano? Crie mentalmente a forma como você quer agir na prática.
  • Estabeleça algumas ações simples em cada área de apoio da sua vida (ex.: família, saúde física, saúde mental, saúde emocional e financeira) que você deseja cumprir para que tenha condições de dedicar-se à sua vida profissional de forma mais leve, saudável e autoconfiante.

Lembre-se de que todo plano deve ser registrado por escrito a fim de que você tenha condições de reler periodicamente, acompanhar seus avanços e fazer os ajustes que forem necessários.

A construção de uma carreira sólida é uma conquista de quem aprende a se comprometer com o próprio crescimento, esperando menos direcionamento dos outros e assumindo mais suas próprias escolhas. Além de vontade, um profissional precisa desenvolver a persistência, a capacidade de superação e atitude diante das dificuldades.

Que tal começar escrevendo o seu PDI? Defina os parâmetros que irão nortear seu empenho e suas ações presentes e futuras. Vá em frente e bom trabalho!

 



Elizabeth Soares
Psicóloga e Coach-executiva 

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.