• Assinantes
  • Autenticação
  • Educação

    Fim da greve dos professores municipais Após negociação nesta quarta, professores
    municipais retornam as aulas

    Renata Cristina
    Repórter
    06/06/2007

    Em assembléia nesta quarta, 06, cerca de 800 professores municipais votaram pelo fim da greve que já durava oito dias. Um acordo entre a Secretaria de Educação e o Sindicato dos Professores (Sinpro) pôs fim a negociação da classe. A partir deste mês, o reajuste de 3% será incorporado ao salário do magistério, além de 6% para remuneração pedagógica.

    Alguns acordos sociais também foram firmados entre as partes. Entre os pontos mais relevantes destacados pelo Sinpro, estão a efetivação de 125 professores com formação superior e 42 dos que possuem nível médio. As contratações estão previstas para acontecer até novembro deste ano.

    A ajuda de custo de valorização do magistério, usada para a compra de livros e material pedagógico, subiu de R$ 350 para R$ 400, e deve ser paga anualmente.

    "Nosso compromisso agora é com a reposição das aulas", esclarece Flávio Bitarello, coordenador geral do Sinpro. De acordo com o Sinpro, os sábados de junho devem ser usados para colocar o calendário escolar em dia.

    Reivindicações
    A classe reivindicava 29% de reajuste, referente as perdas acumuladas entre maio de 1997 a abril de 2004 e, ainda, a homologação dos concursos em andamento para imediata efetivação, abertura de processo seletivo para as disciplinas de português, história e ciências. A lista de pedidos contempla passe-livre para o magistério no período de trabalho ou vale-transporte pago em espécie, sem desconto no contra-cheque.

    Atualmente, os professores municipais com nível médio ganham R$ 552,23 e com nível superior R$ 813,93, com uma carga horária de 20 horas semanais. O reajuste previsto pelo Sinpro segue a proposta da Confederação Nacional dos Trabalhadores da Educação (CNTE).

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.