• Assinantes
  • Autenticação
  • Educação

    Segunda, 26 de junho de 2007, atualizada às 19h

    Estudantes votam indicativo de desocupação da reitoria. Grupo aguarda reunião do Conselho Superior da UFJF


    Renata Cristina
    Repórter

    Os estudantes universitários votaram pela desocupação da reitoria, em assembléia geral no final da noite desta segunda, dia 26, caso a reunião com o Conselho Superior da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) determine posição favorável ao plebiscito sobre o projeto de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais, o Reuni (clique e saiba mais).

    "A expectativa é deixar o prédio da reitoria, assim que tivermos um retorno positivo", explica Victor Alves, coordenador de comunicação do Diretório Central dos Estudantes (DCE).

    Marcado para acontecer nesta quarta, dia 27, o encontro do Conselho vai contar com a presença de representantes da comunidade acadêmica e, inclusive, do reitor Henrique Duque, presidente do órgão. Na pauta, estão temas como a capacitação dos funcionários e a realização do plebiscito.

    A reitoria já havia divulgado, em nota oficial, que somente vai atender a reivindicação dos estudantes após ouvir a opinião dos servidores e professores da UFJF. Os técnicos administrativos mostraram-se favoráveis ao plebiscito, em assembléia na última segunda, dia 25. "Somos contra a ocupação, que prejudica o andamento de prazos e projetos do administrativo, mas precisamos discutir o Reuni", observa Paulo Dimas, coordenador geral do Sindicato dos Trabalhadores em Educação da UFJF (Sintufejuf).

    Já o Sindicato dos Professores da UFJF preferiu não se pronunciar até a reunião do Conselho. A equipe de reportagem do portal ACESSA.com tentou contato inúmeras vezes com os líderes do sindicato, que não quiseram gravar entrevista antes do término da reunião desta terça.

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.