• Assinantes
  • Autenticação
  • Educação
    Segunda-feira, 20 de julho de 2009, atualizada às 16h11

    Mais de 497 mil mineiros vão fazer o novo Enem

    Clecius Campos
    Repórter

    Mais de 497 mil mineiros inscreveram-se para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que teve matrículas encerradas na noite do último domingo, dia 19 de julho. Só nos últimos dois dias, período de prorrogação das inscrições, cerca de quatro mil alunos de Minas Gerais aderiram ao exame. O número não é tão superior ao registrado em 2008, quando 495.249 pessoas inscreveram-se para a prova.

    Em todo o Brasil, o Enem recebeu mais de 4,5 milhões de inscritos. O sistema continua aberto para acompanhamento das inscrições. O boleto para pagamento da matrícula pode ser gerado e deve ser pago até o próximo dia 22 de julho, no valor é de R$ 35. Quem solicitou a isenção deve verificar se foi contemplado no próprio site. Os cartões de confirmação, contendo o local das provas, devem ser emitidos até o dia 25 de setembro de 2009. Caso não receba o documento em casa, o aluno deve entrar em contato com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), pelo telefone 0800-616161, ou acessar a página do exame.

    Questões foram testadas em dez estados

    As questões para o novo Enem foram testadas em dez capitais brasileiras. De acordo com a assessoria de comunicação do Inep, todas as questões de Teoria de Resposta ao Item (TRI) precisam ser testadas antes de aplicadas na prova, já que a nova metodologia prevê a calibração do grau de dificuldade das questões. A publicação de um simulado com as questões-modelo da nova prova ainda não tem data para acontecer.

    Veja como as IFES mineiras aderiram ao Enem

    Dez das onze Instituições Federais de Ensino Superior (IFES) mineiras aderiram ao Enem como parte da forma de ingresso. Na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), o aluno poderá optar entre usar a nota do Enem na primeira fase ou fazer o vestibular tradicional. Além disso, o resultado do exame será utilizado para preencher vagas remanescentes.

    • Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM) - O Enem será utilizado como fase única, já em 2009, para preencher 50% das vagas do processo seletivo e para as vagas remanescentes. A outra metade será preenchida por meio do vestibular seriado (nesta modalidade, a 3ª etapa do vestibular seriado é a nota do Enem).
    • Universidade Federal de Uberlândia (UFU) - Adotará, já em 2009, o novo Enem como avaliação substitutiva da primeira fase do processo seletivo. A segunda fase será realizada em janeiro de 2010.
    • Universidade Federal de Viçosa (UFV) - A partir de 2009, o Enem comporá 50% da nota final do vestibular e será adotado como critério para preencher as vagas remanescentes.
    • Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL) - Adotará o Enem como fase única e para preencher vagas remanescentes.
    • Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM) - Utilizará o Novo Enem de 2009 como parte da nota (50%) da prova de conhecimentos gerais e para o preenchimento de vagas remanescentes.
    • Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI) - Utilização do Novo Enem como fase única para quatro cursos do campus de Itajubá e para todos os cursos do campus de Itabira. Para os demais cursos do campus de Itajubá, o Novo Enem será utilizado como primeira fase.
    • Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) - O aluno poderá optar entre usar a nota do Enem na primeira fase ou fazer o vestibular tradicional. Utilizará o Enem para as vagas remanescentes.
    • Universidade Federal de Lavras (UFLA) - O Enem será utilizado como fase única. A instituição também manterá o processo seriado de ingresso, em que a nota do Enem compõe a 3ª fase, além de utilizar o exame para as vagas remanescentes.
    • Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) - Em fase de decisão para o processo seletivo de 2011.
    • Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) - A partir de 2009 utilizará o ENEM como primeira fase do vestibular. A segunda fase será realizada por processo seletivo próprio.
    • Universidade Federal de São João Del Rei (UFSJ) - 10% a 25% das vagas (percentual em discussão) serão preenchidas pelo Enem, como fase única. Os alunos que quiserem poderão usar a nota para a primeira fase do processo seletivo. O exame será usado também para preencher as vagas remanescentes.

    Fonte: Inep

    Os textos são revisados por Madalena Fernandes

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.