• Assinantes
  • Autenticação
  • Educação
    Sexta-feira, 16 de março de 2012, atualizada às 18h40

    Professores protocolam pauta da campanha salarial de 2012 na Prefeitura

    Thiago Stephan
    Repórter
    Flavio Bitarello

    O coordenador-geral do Sindicato dos Professores (Sinpro-JF), Flávio Bitarello (foto), classificou a participação da categoria na Greve Nacional da Educação, que teve duração de três dias e foi deflagrada na quarta-feira, 14, como positiva. Segundo Bitarello, movimentos como este devem se repetir em outras oportunidades, uma vez que a "bandeira pelo cumprimento do Piso Salarial é uma questão nacional". O sindicalista revelou ainda que na manhã desta sexta-feira, 16 de março, o Sinpro-JF protocolou na Prefeitura a pauta da campanha salarial de 2012.

    "Queremos a aplicação da Lei do Piso Nacional com 22,22% de reajuste retroativo a 1º de janeiro", disse. Também na manhã desta sexta-feira, os professores municipais promoveram manifestação no Calçadão da Halfeld, quando colheram assinaturas da população que apoia a causa da categoria. Em relação à paralisação, cerca de 90% dos professores da rede municipal aderiram ao movimento.

    Bitarello disse ainda que a categoria reagiu muito bem ao chamado de greve, que também teve boa avaliação em nível nacional. Em relação à negociação deste ano, ele teme que o clima tenso observado em 2011 se repita. "Mesmo assim, insistimos na negociação", disse.

    A avaliação inicial da subsede do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação (Sind-UTE) era que ao menos 50% dos trabalhadores das escolas estaduais de Juiz de Fora e outras 23 cidades da região paralisaram as atividades, deixando cerca de 25 mil alunos sem aula. Na tarde desta sexta-feira, os trabalhadores da rede estadual reuniram-se em assembleia na Escola Normal.

    De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria de Educação, 80% dos cerca de quatro mil professores da rede municipal de ensino paralisaram as atividades durante os três dias da Greve Nacional de Educação. Em relação à reposição das aulas perdidas, a assessoria informou que haverá negociação neste sentido diretamente com o sindicato.

    Os textos são revisados por Mariana Benicá

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.