• Assinantes
  • Autenticação
  • Educação
    Quinta-feira, 5 de maio de 2016, atualizada às 18h

    Índios da Tribo Funi-ô divulgam a cultura para estudantes em Juiz de Fora

    Jorge Júnior
    Editor
    indios

    Centenas de alunos do maternal ao 5º ano do Colégio Cristo Redentor conheceram mais de perto, na tarde desta quinta-feira, 5 de maio, a cultura do índio, representada por sete membros da Tribo Funi-ô, da cidade de Águas Belas, em Pernambuco (PE). "Eles vieram na escola e ofereceram para mostrar um pouco da cultura deles, por meio do artesanato e da dança. Achamos interessante por ser uma forma de valorizar o diferente e cultura de um povo que não temos nesta região. A Academia preza por esta questão da diversidade, em todos os aspectos", explica a coordenadora da Educação Infantil e Fundamental da escola, Leda Lisboa.

    Segundo Shayron Bruno Frederico, representante do grupo, o intuito da visita é divulgar a cultura que aos poucos está se perdendo no país. "Estamos visitando vários estados apresentando a nossa cultura milenar, através da nossa dança, para que os alunos saibam como os índios estão se promovendo na sociedade brasileira. Não podemos permitir que os estudantes não saibam que no dia 19 de abril é comemorado o Dia do Índio", afirma.

    Em Juiz de Fora, a tribo pretende passar por dez colégios. "Chegamos na cidade no dia 19 de abril e vamos ficar até a próxima terça, mas caso outros locais se interessem podemos continuar o nosso trabalho. Estamos sendo bem recebidos. A cidade nos abraçou. Ainda este ano, vamos passar pela Bahia, Belo Horizonte e São Paulo. No Rio de Janeiro, o nosso artesanato é bem valorizado, mas desta vez, optamos por fazer uma rota diferente."

    Durante a apresentação os estudantes compraram os artesanatos dos índios e assistiram à apresentação de dança (vídeo abaixo).

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.