• Assinantes
  • Autenticação
  • Esporte

    Flamengo aponta ausências no elenco antes do Covid-19


    Warley Santos 11/05/2020

    Em conversa com alguns colunistas sobre situações que vinham sendo avaliadas para as próximas transferências que aconteceria no meio do ano, entre elas renovações de contratos, compra e venda de jogadores, além de empréstimos de jogadores entre clubes. Mesmo com um elenco reforçado, a diretoria do clube ainda enxerga a possibilidade de reforço do elenco em algumas posições, o que é muito arriscado nesse momento de tantas incertezas. Acredito e muito que assuntos relacionados a economia estejam fora de mão.

    A busca por um lateral direito e um goleiro

    Desde o início da temporada o clube vem buscando um nome para a posição lateral direita, o que não é novidade para os torcedores rubro-negros. A comissão técnica e a Diretoria do clube analisam alguns nomes para ser titular absoluto da equipe.

    A princípio a equipe rubro-negra não pretende fazer um investimento alto na contratação de lateral, o que pode trazer dificuldades com os nomes que estariam no radar.

    A Diretoria do clube optou pelos jovens da divisão de base, Matheuzinho e João Lucas, deixando uma nova opção para a próxima janela de transferências.

    João Lucas atuando pela Libertadores de 2020

    Até o momento não houve negociação com outros clubes, mas o clube chegou a fazer contatos em busca da possibilidade de acordos. Os valores de possíveis negociações foram um dos assuntos tratados nesses contatos.

    Houve casos em que o que estava em jogo foi a idade do jogador. Até o momento, o clube foca em trocar o lateral Rafinha, 34 anos, por um nome mais jovem na posição de lateral direito. No Brasil, o Flamengo chegou a avaliar Guga, do Atlético-MG.

    No futebol internacional, o nome de Marcelo Herrera da equipe do San Lorenzo (ARG) foi um dos citados, mas em meio a negociações o jogador que estava no Porto foi para o Internacional (BRA).

    Os dirigentes do clube também demonstram um forte interesse em William, que atualmente joga no Wolfsburg (ALE), mas o jogador vem atuando com muita frequência pelo clube no futebol alemão, o que dificulta uma possível saída da equipe.

    Um goleiro, outra mira da comissão técnica rubro-negra

    Diego Alves encerra o seu contrato no fim do ano, mas o Flamengo já demonstrou interesse em prolongar o contrato.

    A princípio o clube entende que é preciso buscar uma sombra para o camisa 1 da equipe. Aos meus olhos, é uma situação parecida com a visão do clube com relação a busca por um novo nome na posição da lateral direita. O que pesa, além do momento inoportuno e de incertezas que estamos vivendo nessa pandemia é a questão da idade dos jogadores. Diego completa 35 anos de idade, em junho.

    A ideia inicial antes da pandemia do coronavírus era buscar um goleiro que substituísse César, atual reserva imediato. O que dificulta também, até o momento, é que muitos nomes para a posição possuem alto valor de mercado, principalmente no mercado internacional. No Brasil, a dificuldade é encontrar goleiros que demonstrem interesse em continuar atuando no país, por exemplo.

    Próximos passos

    O Flamengo contava com recursos financeiros de um novo patrocinador para avaliar os novos reforços. Mas a paralisação por conta da pandemia do Covid-19 fez com que o clube pisasse no freio. O que é bom não só para o Flamengo, mas também para qualquer equipe do futebol mundial.

    A paralisação não significa que o clube esteja parado, pelo contrário. A comissão técnica e a Diretoria seguem de olho no mercado da bola, aguardando o retorno do futebol mundial.

    O foco pode estar concentrado da diminuição dos valores pedidos pelos clubes, que podem reduzir pela necessidade e urgência de “fazer caixa” após a pandemia.

    Estaremos na torcida para que tudo volte o quanto antes.

    Fique em casa!


    Warley Santos é jornalista e funcionário do Senac Minas. Especialista em Gestão Pública - GPM. Colunista de esporte na Acessa.com e atua na área administrativa da Supervisão Pedagógica do Senac, além de colaborar com as atividades comerciais (atendimento, eventos, etc). Atuou nas assessorias de comunicação da SAS-PJF e Espaço Cultural dos Correios. Possui pós-graduação em Gestão Pública - GPM. Na Produtora de Multimeios da UFJF, foi produtor do programa Mosaico.

    Os autores dos artigos assumem inteira responsabilidade pelo conteúdo dos textos de sua autoria. A opinião dos autores não necessariamente expressa a linha editorial e a visão do Portal ACESSA.com

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.