Lucas Soares Lucas Soares 3/02/2014

Brocador Hernane na Seleção Brasileira?

Hernane posa como Brocador em visita à redação do LANCE!Artilheiro do Brasil na última temporada, com 36 gols marcados, o "Brocador" Hernane fez as pazes com as redes em 2014. Após fechar 2013 como um dos grandes nomes da conquista do Flamengo na Copa do Brasil, o camisa 9 ainda não havia marcado nos dois primeiros jogos do rubro-negro com o time titular no Campeonato Carioca. No último domingo, 2 de fevereiro, fez quatro e já assumiu a artilharia da competição, junto com Edmílson, do Vasco.

A boa fase do artilheiro fez a torcida do Flamengo presente no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ), pedir a convocação do Brocador para a Seleção Brasileira. E até que ponto isto é ou não um delírio de torcedores? Hernane teria chance em um grupo praticamente fechado para a Copa do Mundo este ano em 2014? Vejamos...

Em 2012, brilhou pelo Mogi Mirim, sendo vice-artilheiro do Campeonato Paulista, e foi contratado pelo Flamengo. Não assumiu a titulariedade, mas jogou 28 vezes e fez 21 gols em todo o ano. No ano passado, como já dito, correu para o abraço em 36 oportunidades, atuando em 35 partidas. Uma média superior à um por jogo. Este ano, foram quatro em três partidas.

Números não nos deixam mentir. Por mais que sejam gols de rebote, de apenas um toque na bola ou de pênalti, Hernane faz, e bem, a função de matador. Talvez não seja o que a Seleção esteja precisando, mas de qualquer forma, é útil ao se fazer eficiente na função que lhe é passada.

Vamos então avaliar as opções de Felipão para o ataque do Brasil. Na Copa das Confederações, o treinador chamou Leandro Damião (hoje no Santos), Fred (Fluminense), Neymar (Barcelona) e Hulk (Zenit-RUS). Com a lesão de Damião, Jô (Atlético-MG) entrou na lista. Após o título da competição, e a lesão de Fred, Jô continuou na lista e Robinho (Milan-ITA), um atacante de lado, foi chamado para os amistosos contra Honduras e Chile. Antes dele, Alexandre Pato (Corinthians) havia sido convocado para os jogos contra Coreia do Sul e Zâmbia.

Façamos agora a seguinte comparação: se Fred, que tem condições físicas duvidosas, não estiver disponível para a Copa, quem será o substituto? Jô, claramente, se tornaria o centro-avante titular. Robinho ganhou pontos e a confiança de Felipão, principalmente após o gol marcado contra o Chile. E eu acredito que Pato e Damião já não façam mais parte dos planos do treinador. Temos um elenco de atacantes fechados para a Copa com: Fred (?), Jô, Bernard, Neymar e Hulk. O primeiro, e único, da lista de espera é Robinho.

Basicamente qualquer outro atacante que busque uma vaga nesta equipe deve "torcer contra" um concorrente direto? Não necessariamente. No dia 29 de janeiro, Felipão afirmou que teremos novidades na lista. Embora eu acredite ser bem complicado a convocação para a Copa de outro atleta que fuja desses nomes no ataque, salvo uma eventual lesão, pode ser que o treinador queira testar algum jogador. Não dá pra cravar este ou aquele, mas que, em números absolutos o Hernane merece, ah, isso ele merece.


Lucas Soares é natural de Juiz de Fora, é jornalista formado pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora em dezembro de 2012 e apaixonado por futebol. Atualmente, é aluno de pós-graduação em Jornalismo Multiplataforma na Universidade Federal de Juiz de Fora, Repórter no portal Acessa.com e Editor-chefe do blog Flamengo em Foco. Já atuou em veículos impressos da cidade e como assessor de imprensa na PJF e na Câmara Municipal.

-
Lucas Soares Lucas Soares 3/02/2014

Brocador Hernane na Seleção Brasileira?

Hernane posa como Brocador em visita à redação do LANCE!Artilheiro do Brasil na última temporada, com 36 gols marcados, o "Brocador" Hernane fez as pazes com as redes em 2014. Após fechar 2013 como um dos grandes nomes da conquista do Flamengo na Copa do Brasil, o camisa 9 ainda não havia marcado nos dois primeiros jogos do rubro-negro com o time titular no Campeonato Carioca. No último domingo, 2 de fevereiro, fez quatro e já assumiu a artilharia da competição, junto com Edmílson, do Vasco.

A boa fase do artilheiro fez a torcida do Flamengo presente no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ), pedir a convocação do Brocador para a Seleção Brasileira. E até que ponto isto é ou não um delírio de torcedores? Hernane teria chance em um grupo praticamente fechado para a Copa do Mundo este ano em 2014? Vejamos...

Em 2012, brilhou pelo Mogi Mirim, sendo vice-artilheiro do Campeonato Paulista, e foi contratado pelo Flamengo. Não assumiu a titulariedade, mas jogou 28 vezes e fez 21 gols em todo o ano. No ano passado, como já dito, correu para o abraço em 36 oportunidades, atuando em 35 partidas. Uma média superior à um por jogo. Este ano, foram quatro em três partidas.

Números não nos deixam mentir. Por mais que sejam gols de rebote, de apenas um toque na bola ou de pênalti, Hernane faz, e bem, a função de matador. Talvez não seja o que a Seleção esteja precisando, mas de qualquer forma, é útil ao se fazer eficiente na função que lhe é passada.

Vamos então avaliar as opções de Felipão para o ataque do Brasil. Na Copa das Confederações, o treinador chamou Leandro Damião (hoje no Santos), Fred (Fluminense), Neymar (Barcelona) e Hulk (Zenit-RUS). Com a lesão de Damião, Jô (Atlético-MG) entrou na lista. Após o título da competição, e a lesão de Fred, Jô continuou na lista e Robinho (Milan-ITA), um atacante de lado, foi chamado para os amistosos contra Honduras e Chile. Antes dele, Alexandre Pato (Corinthians) havia sido convocado para os jogos contra Coreia do Sul e Zâmbia.

Façamos agora a seguinte comparação: se Fred, que tem condições físicas duvidosas, não estiver disponível para a Copa, quem será o substituto? Jô, claramente, se tornaria o centro-avante titular. Robinho ganhou pontos e a confiança de Felipão, principalmente após o gol marcado contra o Chile. E eu acredito que Pato e Damião já não façam mais parte dos planos do treinador. Temos um elenco de atacantes fechados para a Copa com: Fred (?), Jô, Bernard, Neymar e Hulk. O primeiro, e único, da lista de espera é Robinho.

Basicamente qualquer outro atacante que busque uma vaga nesta equipe deve "torcer contra" um concorrente direto? Não necessariamente. No dia 29 de janeiro, Felipão afirmou que teremos novidades na lista. Embora eu acredite ser bem complicado a convocação para a Copa de outro atleta que fuja desses nomes no ataque, salvo uma eventual lesão, pode ser que o treinador queira testar algum jogador. Não dá pra cravar este ou aquele, mas que, em números absolutos o Hernane merece, ah, isso ele merece.


Lucas Soares é natural de Juiz de Fora, é jornalista formado pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora em dezembro de 2012 e apaixonado por futebol. Atualmente, é aluno de pós-graduação em Jornalismo Multiplataforma na Universidade Federal de Juiz de Fora, Repórter no portal Acessa.com e Editor-chefe do blog Flamengo em Foco. Já atuou em veículos impressos da cidade e como assessor de imprensa na PJF e na Câmara Municipal.

Lucas Soares Lucas Soares 3/02/2014

Brocador Hernane na Seleção Brasileira?

Hernane posa como Brocador em visita à redação do LANCE!Artilheiro do Brasil na última temporada, com 36 gols marcados, o "Brocador" Hernane fez as pazes com as redes em 2014. Após fechar 2013 como um dos grandes nomes da conquista do Flamengo na Copa do Brasil, o camisa 9 ainda não havia marcado nos dois primeiros jogos do rubro-negro com o time titular no Campeonato Carioca. No último domingo, 2 de fevereiro, fez quatro e já assumiu a artilharia da competição, junto com Edmílson, do Vasco.

A boa fase do artilheiro fez a torcida do Flamengo presente no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ), pedir a convocação do Brocador para a Seleção Brasileira. E até que ponto isto é ou não um delírio de torcedores? Hernane teria chance em um grupo praticamente fechado para a Copa do Mundo este ano em 2014? Vejamos...

Em 2012, brilhou pelo Mogi Mirim, sendo vice-artilheiro do Campeonato Paulista, e foi contratado pelo Flamengo. Não assumiu a titulariedade, mas jogou 28 vezes e fez 21 gols em todo o ano. No ano passado, como já dito, correu para o abraço em 36 oportunidades, atuando em 35 partidas. Uma média superior à um por jogo. Este ano, foram quatro em três partidas.

Números não nos deixam mentir. Por mais que sejam gols de rebote, de apenas um toque na bola ou de pênalti, Hernane faz, e bem, a função de matador. Talvez não seja o que a Seleção esteja precisando, mas de qualquer forma, é útil ao se fazer eficiente na função que lhe é passada.

Vamos então avaliar as opções de Felipão para o ataque do Brasil. Na Copa das Confederações, o treinador chamou Leandro Damião (hoje no Santos), Fred (Fluminense), Neymar (Barcelona) e Hulk (Zenit-RUS). Com a lesão de Damião, Jô (Atlético-MG) entrou na lista. Após o título da competição, e a lesão de Fred, Jô continuou na lista e Robinho (Milan-ITA), um atacante de lado, foi chamado para os amistosos contra Honduras e Chile. Antes dele, Alexandre Pato (Corinthians) havia sido convocado para os jogos contra Coreia do Sul e Zâmbia.

Façamos agora a seguinte comparação: se Fred, que tem condições físicas duvidosas, não estiver disponível para a Copa, quem será o substituto? Jô, claramente, se tornaria o centro-avante titular. Robinho ganhou pontos e a confiança de Felipão, principalmente após o gol marcado contra o Chile. E eu acredito que Pato e Damião já não façam mais parte dos planos do treinador. Temos um elenco de atacantes fechados para a Copa com: Fred (?), Jô, Bernard, Neymar e Hulk. O primeiro, e único, da lista de espera é Robinho.

Basicamente qualquer outro atacante que busque uma vaga nesta equipe deve "torcer contra" um concorrente direto? Não necessariamente. No dia 29 de janeiro, Felipão afirmou que teremos novidades na lista. Embora eu acredite ser bem complicado a convocação para a Copa de outro atleta que fuja desses nomes no ataque, salvo uma eventual lesão, pode ser que o treinador queira testar algum jogador. Não dá pra cravar este ou aquele, mas que, em números absolutos o Hernane merece, ah, isso ele merece.


Lucas Soares é natural de Juiz de Fora, é jornalista formado pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora em dezembro de 2012 e apaixonado por futebol. Atualmente, é aluno de pós-graduação em Jornalismo Multiplataforma na Universidade Federal de Juiz de Fora, Repórter no portal Acessa.com e Editor-chefe do blog Flamengo em Foco. Já atuou em veículos impressos da cidade e como assessor de imprensa na PJF e na Câmara Municipal.