Você tem o poder na hora da compra Conhecer seus direitos é a melhor saída para não ficar no prejuízo

Thiago Werneck
*Colaboração
22/08/2007

Você sabia que se alguém quiser te dar bala de troco você não precisa aceitar? Se você gosta de receber doce tudo bem, mas se não quiser, pode pedir em dinheiro. Caso o caixa não tenha, ele é obrigado por Lei, a arredondar o troco para cima. Por isso, cobre o trocado dele.

Esse é apenas um dos direitos de consumidor. Ninguém pode cair na conversa de que "só tem bala". Outra garantia básica é quando a pessoa compra alguma roupa com defeito, aparelho que não funciona também não dão deixe passar em branco, e exija troca.

A superintendente do Procon, Léa Ganimi dá uma dica importante para não ser passado para trás. "Se você viu que o vendedor está irregular ameace chamar o Procon. A maioria te atende na hora. Só sai no prejuízo quem desconhece seus direitos", explica.

As crianças tem que descobrir que elas tem o poder de fazer exigências. Léa conta que os meninos se sentem como heróis quando descobrem alguma irregularidade e fazem o proprietário corrigí-la. "Eles ganham noção de cidadania. A percepção mais comum disso é quando eles vão aos supermercados. Alimentos fora de vencimento, lata estufadas, refrigeração inadequada. Eles cobram isso tudo dos atendentes e fazem eles agirem dentro da lei,destaca

teatro nas escolas É para que as crianças conheçam seus direitos e saibam desse poder que o consumidor tem, que Léa montou um projeto que leva o Procon nas escolas, através de teatro e palestras. "Fazemos peças infantis que instruem as crianças. A atenção delas fica presa a todo momento e elas saem da escola conhecendo seus direitos. É impressionante como que dá muito mais resultado do que um palestra", destaca Léa.

Os atores são os próprios funcionários do Procon e a meninada se diverte e acaba conscientizando os pais. "As crianças são multiplicadores de informação. Depois de verem o teatrinho eles não deixam nada mais passar em branco. O resultado é extremamente positivo", avalia Léa.

Dicas importantes

teatro nas escolas Cuidado ao comprar via internet: Para ocorrer tudo certo é preciso tomar alguns cuidados básicos como prestar atenção no preço, prazo de entrega, saber quem é o vendedor e sempre salvar os dados da negociação. Léa ainda ressalta "não acredite em tudo que é anunciado. Tem que checar antes, investigar, ligar para o procon para ver se já não tem alguma reclamação a respeito. É o básico para não sair prejudicado depois"

teatro nas escolas Lembre-se de exijir a nota fiscal: ela é o instrumento que comprova que você comprou o material, um recibo que permite mais tarde, a troca do produto com defeito. Os problemas mais comuns hoje, além dos encontrados nos supermercados, são celulares com defeito e xampus que danificam os cabelos. Por isso, atenção redobrada na hora de comprar um desses produtos.

Fique atento também para essas dicas: produtos duráveis, como celular e eletrodomésticos podem ser trocados em até 90 dias depois da compra caso apresentem defeito. Já os perecíveis como alimentos têm de 30 dias para troca. Qualquer duvida ou se quiser ver a o teatro na sua escola entre em contato com procon pelo telefone 156 ou na Avenida Independência, 992.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.