• Assinantes
  • Autenticação
  • Tecnologia
    Primus
    Novo software desenvolvido pela Cesama para a leitura de hidrômetros irá gerar economia de R$ 20 mil mensais

    Renata Cristina
    *colaboração
    28/04/05

    O gerente de tecnologia da informação da Cesama, Roberto Tadeu, fala sobre as vantagens na utilização do Primus

    Ouça!

    Foto: ACESSA.com Você já parou para pensar como é feita a leitura do consumo de água da sua casa?

    Atualmente, em Juiz de Fora, os agentes comerciais da Companhia de Saneamento e Pesquisa do Meio Ambiente (Cesama) vão até o hidrômetro da sua casa com um aparelho chamado Microcoletor de Dados Portátil e emitem a sua conta naquele mesmo instante.

    Esse procedimento é realizado desde 1994, e custa aos cofres municipais R$ 20 mil mensais, já que a tecnologia é alugada da empresa paranaense Dataprom.

    A partir de maio, entra em cartaz o novo sistema desenvolvido totalmente pelo Departamento de Sistemas da Informação da Companhia, o Primus, que além de ser bem menor do que o atual - um computador de bolso (pocket) de 20g, enquanto que o antigo pesava 2kg - economizará cerca de ¼ de milhão por ano.

    Foto: ACESSA.com O gerente de tecnologia da informação da Cesama, Roberto Tadeu (foto ao lado), pontua três itens decisivos para a implatação do Primus na Cia: "Ele irá garantir autonomia, melhoria e economia. A autonomia virá através de um software próprio. O segundo item, a melhoria, acontecerá com a mudança de hardware, já que teremos um equipamento mais leve e minizaremos os problemas de saúde dos funcionários. Além disso, a economia será de R$ 20 mil mensais".

    Novas possibilidades
    Foto: ACESSA.com O novo software utiliza a interface gráfica do ambiente Windows e, com isso, permite que informações diversas, como mapas, tabelas e gráficos sejam exibidas para o agente comercial. "Ele poderá verificar a sua localização no roteiro de leitura, conferir se a residência ou empresa já foi lida e acessar a intranet na rua", destaca Tadeu.

    Outro campo possível para os agentes, será a inserção de observações na ficha do cliente. Nessa hora, os carteiros ficarão com uma pontinha de inveja dos leituristas, pois dados particulares como "Casa com cão", "Chamar no apartamemto 205", etc, faciltarão o acesso em algumas localidades.

    Apesar de o sistema não modificar muito a vida do usuário, Roberto Tadeu acredita que a economia gerada pelo Primus poderá ser revertida em outros pontos de melhoria para a comunidade.

    Ainda assim, a segurança nos dados será maior, pois o Primus acusa quando ocorre algum erro na leitura do hidrômetro. Com o microletor de dados, a ordem das informações não pode ser alterada e, dessa forma, acontecem eventuais erros.

    Vantagens

  • Economia: o Primus irá economizar cerca de 1/4 de milhão ao ano
  • Praticidade: o computador de mão pesa apenas 20 gramas
  • Segurança: o software acusa erros na leitura do hidrômetro

  • Facilitadores

  • Notícias: permite que os agentes comerciais leiam as informações da Cesama mesmo na rua.
  • Roteiro: orienta todo caminho a ser percorrido pelo leiturista, com dados sobre cada cliente.
  • Mapas: localizam o leiturista em um determinado roteiro e, inclusive, sinalizam o trajeto já realizado.
  • Estatísticas: revela o número de hidrômetros já lidos, a porcentagem de erros, entre outros dados.
  • Observações: permite que o perfil de cada cliente seja editado, com informações que faciltem o acesso a determinada área.

  • Cenário
    A cidade está dividida em 20 regiões para o trabalho de leitura e emissão de contas. Estas regiões possuem cerca de 20 rotas e 20 agentes comerciais correspondentes. Cada rota possui 250 consumidores, portanto cada agente faz a leitura de 250 contas por dia, gerando um total de R$ 100 mil contas mensais.

    Com o novo software, a cada dia os itens de uma determinada rota serão acrescentados no pocket evitando custos com a transmissão de dados. Desde fevereiro, o sistema está sendo testado nas ruas e a previsão para sua instalação é no final do mês de maio.

    *Renata Cristina é aluna do 8º período da Faculdade de Comunicação da UFJF

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.