Sexta-feira, dia 07 de dezembro de 2007, atualizada às 09h40

Taxistas têm permissão para manter bandeira dois durante todo o dia. A diferença para o consumidor chega a 18% ao final da corrida


Renata Solano
*Colaboração

Com a aprovação do projeto de lei municipal número 9.161 de 04 de dezembro de 1997, os motoristas de táxi recebem o direito de fazer suas corridas durante todo o dia com a bandeira dois. A proposta é fazer com que essa classe de trabalhadores, sem carteira assinada, recebam algum tipo de benefício salarial equivalente ao 13º salário.

A diferença no bolso do consumidor, segundo o secretário do sindicato dos taxistas, Maurílio Mattos Coelho, é de 18% de acréscimo no final de uma corrida. "No final de uma corrida a diferença é muito pequena, um trajeto que custaria R$ 12, vai custar R$ 13, nós taxistas ganhamos com o volume de corridas que fazemos", esclarece.

De acordo com o sindicato dos taxistas, a bandeira dois já está em vigor durante as 24h do dia, desde sábado, dia 1º de dezembro, e vai funcionar dessa forma até quarta-feira, dia 02 de janeiro, às 6h da manhã, quando volta a obedecer o horário convencional, de 22h às 6h.

Segundo a advogada do Programa de Orientação e Proteção ao Consumidor (Procon/JF), Rita de Cássia Rotondo a medida é legal, pois está fundamentada na lei municipal.

"O correto é o taxista esclarecer ao consumidor assim que ele entrar no táxi sobre a nova tarifa que funciona durante esse mês e, além do mais, como o final da permissão da bandeirada dois é em janeiro, as pessoas precisam conferir se o motorista já voltou a obedecer as normas, porque sempre tem algumas pessoas que abusam desse tipo de benefício", orienta Rita.

*Renata Solano é estudante de Comunicação Social da UFJF

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.