Sexta-feira, dia 07 de março de 2008, atualizada às 15h57

Mesmo com o aumento de, aproximadamente, 5% no preço do chocolate, setor de chocolates já aposta no sucesso das vendas



*Da Redação

O crescimento da procura por ovos de chocolate e produtos de Páscoa foi constatado pelos comerciantes do setor, em Juiz de Fora, com um mês de antecedência. Mesmo com o aumento de, aproximadamente, 5% no preço do chocolate, segundo dados da Associação Brasileira da Indústria de Chocolate, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados, comerciantes do setor já apostam no sucesso das vendas.

Segundo o banco de dados da Câmara de Dirigente Logistas (CDL/JF), as vendas durante a semana de Páscoa do ano passado registraram um acréscimo de 6,54%, se comparado com a semana da páscoa do ano de 2006. Neste ano, os lojistas do setor apostam no aumento de 25%.

Para o presidente da CDL/JF, Vandir Domingos da Silva, a expectativa é que a celebração da Páscoa impulsione as vendas no comércio. "Nossa aposta é que as vendas nos setores de artigos para a Páscoa tenham um acréscimo de 10% a 15% em relação a 2007. Com a celebração da data no final do mês, muitos lojistas estão com ofertas promocionais e intensificadas com objetivo de fisgar as compras de última hora, além das vendas facilitadas com o crediário", declara Domingos. Segundo pesquisas realizadas junto aos empresários do setor, estes números podem chegar até 40% de aumento.

Nos setores do ramo

Em uma das grandes redes de supermercados da cidade, a expectativa no projeto Páscoa é otimista. "Acreditamos que o volume de vendas de ovos de Páscoa neste mês chegue a 25%, se comparado com 2007. No setor de pescados, apostamos no aumento de 30% em relação ao mesmo período do ano passado. Apenas no mês de fevereiro tivemos um aumento de 35% nas vendas de pesqueiros. Estamos bem otimistas", afirmou o gerente de marketing, Nelson Júnior.

Uma das lojas que vende chocolates, em Juiz de Fora, trouxe neste ano várias novidades para atrair o consumidor, como ovos de chocolate com pimenta e ovos truffon de chocolate branco. Para a gerente da loja, Lúcia Rocha Barbosa, a expectativa de vendas para este ano é 25% maior do que o registrado em 2007. "Nossa preocupação foi com a data antecipada da Páscoa e a onda de calor, mas a procura foi grande mesmo com um mês de antecedência. Nossos ovos de chocolate tiveram aumento de 7% no preço, mesmo assim, muitas pessoas chegam a comprar 15 ovos de uma só vez", revelou.

Para atender a demanda, a loja contratou 11 funcionários, que foram divididos para as três lojas da franquia na cidade. A loja também realiza todos os anos a doação de 200 mil ovos em todo o país, que são divididos por franquia, num total de 300 ovos por loja. "Em 2007, ajudamos 22 instituições carentes de Juiz de Fora, e este ano iremos ajudar 28", afirma Lúcia.

Em outra loja, especializada na venda de trufas, a expectativa para este ano é de 30%. "Todo ano temos um aumento de 30% nas vendas dos nossos produtos. Nossas novidades, como ovos decorados, truffados e de marshmallow sempre fazem sucesso. Já estamos com bastante movimento na loja, mas geralmente é na semana da Páscoa que a procura se intensifica!", afirmou a proprietária Cristina Lamha Machado.

Informações divulgadas com base no release enviado pela Câmara de Dirigentes Logistas de Juiz de Fora

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.