Segunda-feira, dia 22 de dezembro de 2008, às 17h35

Auto-escolas de JF registram aumento na procura por pacotes antes que as novas regras para formação de condutores entrem em vigor

Priscila Magalhães
Repórter
Madalena Fernandes
Revisão

A resolução 285 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que estende a carga horária dos cursos prático e teórico para formação de condutores , entra em vigor no dia 1º de janeiro de 2009 e provocou uma corrida às auto-escolas de Juiz de Fora.

Segundo a recepcionista de uma auto-escola, Letícia Fátima da Silva, o aumento na procura foi superior a 50% em dezembro, se comparado aos outros meses do ano. Entretanto, somente se matricular na auto-escola não é o suficiente para se beneficiar da legislação atual. É preciso fazer os exames médico e psicológico até o dia 31 de dezembro.

O jornalista Fellipe Gomes, temendo o aumento no preço dos serviços oferecidos pelas auto-escolas, correu para garantir a legislação atual. Ele realizou a avaliação psicológica e médica nesta segunda-feira, 22 de dezembro. "Fiz pensando na carga horária reduzida e no preço que ainda está mais baixo", conta ele.

Entretanto, nem todos os interessados vão conseguir vagas nas clínicas credenciadas pelo Departamento de Trânsito (Detran). "Há dificuldades para marcar os exames em algumas clínicas", diz Letícia.

O sócio de uma outra auto-escola, Neimar Moura, acredita que quem deixou para os últimos dias do mês de dezembro não vai encontrar vagas. "Até sábado (20 de dezembro), estávamos conseguindo marcar para o dia 30 e 31. A partir de agora deve ficar para janeiro."

A psicóloga e diretora de uma clínica, Ana Paula Miranda, confirma o aumento na procura pelos exames desde meados de outubro. Mais funcionários foram contratados para suprir a demanda. "Temos quatro salas e costumávamos usar duas de manhã e duas à tarde. Agora, estamos usando todas elas nos dois turnos", diz, completando que foi preciso estender o horário de trabalho na próxima quarta-feira, dia 24. "Não atendíamos nesse dia e, agora, vamos trabalhar até 14 h em prol dos usuários."

Reajuste nos valores

Neimar Moura disse que o reajuste no pacote oferecido pelas auto-escolas ainda não foi definido. "É possível que o aumento aconteça, já que a carga horária vai aumentar." Entretanto, ele aguarda o reajuste nas taxas estaduais para, depois, definir como será na sua auto-escola. "Se for muito puxado, talvez nem aumentamos, senão vai ficar pesado para o candidato."

O mesmo acontece na auto-escola onde Letícia trabalha. "Sempre tem aumento de taxa em janeiro. Ainda estamos esperando para definir o reajuste."

A respeito das avaliações psicológica e médica, Ana Paula diz que desde o início de 2007 não há reajuste. "O certo é que haja um aumento pequeno anualmente, mas esse ano não houve. Esperamos que em 2009 isso ocorra." Segundo ela, as clínicas de Minas Gerais estão negociando com o Detran.

Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Civil de Minas Gerais, ainda não se sabe de quanto será o reajuste das taxas estaduais referentes à habilitação para 2009. Nos próximos dias, deve ser divulgada a Unidade Padrão Fiscal do Estado, que define o aumento.

Números mostram aumento no número de CNH expedidas para JF

Segundo a assessoria da Polícia Civil em Belo Horizonte, o número de carteiras de habilitação expedidas em Juiz de Fora vem aumentando. Em 2006 foram 6.411 habilitações. Em 2007, o número subiu para 6.726. Os números de 2008 ainda não foram fechados. Até agosto desse ano, 4.301 habilitações haviam sido expedidas.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.