• Assinantes
  • Autenticação
  • Negócios

    PJF lança site que pretende gerenciar empregos na cidade

    O JF Empregos espera receber cerca de dez mil currículos, além de contar com mil empresas cadastradas até o final do ano

    Nathália Carvalho
    *Colaboração
    5/6/2012
    Lançamento JF Emprego

    Com o objetivo de facilitar o intercâmbio entre as empresas que buscam profissionais e as pessoas que procuram emprego na cidade, foi lançado, nesta terça-feira, 5 de junho, o site JF Empregos. O projeto é fruto de uma parceria entre a Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Econômico (SPDE) e a Secretaria de Assistência Social (SAS) da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF).

    Segundo o secretário de Planejamento e Desenvolvimento Econômico, André Zuchi, foram realizados estudos, por órgãos e universidades da cidade, com o intuito de avaliar as necessidades do mercado em relação à oferta e à procura de empregos. "O grande problema observado no município é a dificuldade da empresa em encontrar uma mão de obra qualificada. Há falta de treinamentos e baixa rotatividade dos serviços. O nosso grande desafio é conseguir gerar emprego, e o site é uma tentativa de intermédio entre os dois interessados, empregado e empregador", explica.

    O site pretende funcionar, ainda, como forma de viabilizar o gerenciamento de banco de talentos, para que haja amplas informações sobre as oportunidades e as disponibilidades. "O grande desafio é conseguir gerar emprego e, por isso, fizemos um projeto democrático, aberto a diversas áreas e setores. Pretendemos acabar com o conhecido 'quem indica', dando oportunidades para os profissionais mostrarem a qualidade do seu trabalho, desde o mais simples até o mais sofisticado."

    O prefeito Custódio Mattos destaca que será feita uma ação de reunião de dados e monitoramento da situação profissional da cidade por meio do site. "Pretendemos, por meio dessas informações, perceber do que o mercado precisa e o que as pessoas dispõem profissionalmente. Conhecendo essa defasagem, vamos trabalhar operacionalmente para suprir e apontar um foco de ação nesse sentido", expõe.

    Desenvolvimento profissional

    De acordo com dados fornecidos pela SPDE, entre 2011 e 2012, a cidade investiu cerca de R$ 1,6 bilhão em geração de emprego, com a criação de 9.570 postos de trabalho. Um dos motivos principais dessa expansão está relacionada à chegada de novas indústrias e empresas de grande porte a Juiz de Fora. "Estamos conseguindo captar uma mão de obra jovem, oferecendo capacitação profissional e oportunidade posterior. Temos projetos que incentivam aqueles que ainda não têm experiência a conquistar o primeiro emprego", afirma o prefeito.

    Mattos comenta, ainda, que a geração de emprego e renda em Juiz de Fora, nos últimos dez anos, cresceu muito menos do que no resto do país, estagnando a cidade em um processo de subdesenvolvimento que preocupa a administração pública. "A última grande empresa recebida na cidade foi há cerca de oito anos, o que estagnou a economia e movimentação de trabalho. O nosso município não tem a tradição de participar de ações de desenvolvimento profissional, o que precisa ser melhorado".

    Entre as ações que vêm sendo desenvolvidas em prol do desenvolvimento profissional na cidade, a SPDE pretende aumentar o número de empregos formais oferecidos, disciplinar o desenvolvimento e a ocupação dos distritos industriais, além de aumentar o incentivo ao turismo. "Queremos aumentar a ocupação da rede hoteleira da cidade e o funcionamento dos aeroportos". Outro dado debatido refere-se à participação das empresas nesse processo. Segundo Zuchi, pesquisas apontam que 70% das indústrias não pensam em prover treinamento profissional nos próximos seis meses. "A maioria das empresas não realizou capacitação em 2011, mas é importante que elas intensifiquem os cursos de qualificação desses profissionais, para atender e expandir a economia da cidade".

    Cadastro

    De acordo com o secretário, o site já possui 15 empresas no banco e a expectativa é de que cerca de dez mil currículos e mil empresas estejam cadastradas até o final do ano. O atendimento e o cadastro podem ser realizados pelo portal do JF Empregos (acessado pelo site da PJF) ou na SAS, na rua Halfeld, 450, 5º e 7º andares ou na Assessoria Especial da Pessoa com Deficiência (AEPD), rua São Sebastião, 740, Centro.

    *Nathália Carvalho é estudante do 8º período de Comunicação Social da UFJF

    Os textos são revisados por Mariana Benicá

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.