Quinta-feira, 15 de junho de 2012, atualizada às 18h30

Vendas para o Dia dos Namorados ficaram abaixo do esperado

Nathália Carvalho
*Colaboração
Dia dos Namorados

Comerciantes da cidade ficaram insatisfeitos com as vendas no Dia dos Namorados deste ano. Para alguns, o percentual ficou abaixo do esperado para a data e ainda menor se comparado ao mesmo período do ano passado. As informações foram reunidas em pesquisa realizada pelo Portal ACESSA.com durante a última quinta-feira, 14 de junho.

De acordo com a assessoria de imprensa do Sindicato do Comércio de Juiz de Fora (Sindicomércio-JF), o movimento atingiu o índice de crescimento esperado, estimado em 9% em relação ao ano anterior.

"As vendas ficaram cerca de 20% acima da média na véspera do feriado [12 de junho] mas, ainda assim, a expectativa era que superasse o ano passado, mas não ocorreu", explica a gerente de uma loja de moda masculina da rua São João, Giovana Galil. Em outra loja da mesma rua, desta vez de roupas femininas, a gerente acredita que as vendas foram maiores nas últimas semanas, mas também abaixo do esperado. "Vendemos quase 50% a mais, porém, por ser uma das melhores datas para o comércio, a expectativa era grande e não se concretizou", explica Dayanna Nelo.

Trocas

Outra informação constatada na pesquisa foi que as trocas de presentes tiveram início já no primeiro dia útil após a comemoração. Em uma loja de roupas, o vendedor Marcos Oliveira garante que, só na parte da manhã, cerca de 20 peças já foram trocadas. "Fizemos um kit especial para a data e, muitas vezes, acaba tendo uma peça que não agrada tanto." Nesta loja, as vendas foram quatro vezes maior que a média na terça-feira, dia 12, e o vendedor acredita que as trocas das peças serão realizadas até o sábado, dia 16.

Já em uma loja especializada em calçados femininos, as trocas ainda não começaram. "Os namorados vieram confiantes esse ano, já sabiam o modelo, tamanho e cor ideal de sapato. Em alguns casos, a namorada veio antes, fez a escolha e deixou separado para ele comprar depois", expõe a gerente Ethel Lacerda.

*Nathália Carvalho é estudante do 8º período de Comunicação Social da UFJF

Os textos são revisados por Mariana Benicá

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.