Comerciantes esperam crescimento de 30% nas vendas de produtos típicos para festas juninas

Um bom lugar para encontrar os diversos produtos típicos desta época do ano é o Mercado Municipal. Confira os preços

Thiago Stephan
Repórter
18/6/2012
Produtos típicos de festas juninas

As festas juninas e julinas são esperadas com ansiedade por proprietários de lojas que comercializam produtos típicos desta época do ano. Os estoques estão cheios de paçoca, amendoim, canjica, canela, cravo, gengibre, milho de pipoca, entre outros produtos. De acordo com estimativa da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Juiz de Fora (CDL/JF), o setor espera crescimento entre 20% e 30% na venda de produtos especializados.

A previsão da CDL/JF bate com a estimativa de aumento nas vendas de uma loja de biscoitos e doces localizada na avenida Rio Branco. Mas, esse percentual está longe de representar a alta no faturamento. "O aumento no faturamento geral da loja não é tão grande. Há um crescimento de 30% no mix de produtos típicos, como paçoca e amendoim, mas cai a venda de outros produtos em razão da temperatura, como os refrigerantes, por exemplo. Com isso, acaba sendo uma compensação", explica o empresário Carlos Costa.

O comerciante explica, ainda, que a paçoca é campeã de vendas independente da época do ano. "É um dos três produtos mais vendidos na loja." Mesmo com a grande demanda do período, forçando o aumento dos preços praticados pelas distribuidoras, Costa não pretende repassá-los aos consumidores. "A minha remarcação de preço é a mesma durante todo o ano. Mesmo com os fornecedores aumentando um pouco os preços dos produtos, não vamos ter reajuste. Às vezes, perdemos no lucro, mas ganhamos no giro de mercadoria", afirma.

Um bom lugar para encontrar os diversos produtos típicos desta época do ano é o Mercado Municipal, onde os comerciantes também já se preparam para a grande procura. "Quase triplica a venda dos produtos típicos. Acredito que este ano será melhor que 2011", diz, esperançoso, o comerciante Luiz Carlos Pinto, dono de uma barraca de temperos e grãos.

Em outro box do mercado, o comerciante Robério Dias Júnior afirma que as vendas já estão maiores. "Começou uma procura maior na semana passada. Esperamos crescimento de 10% em relação ao ano anterior", afirma, mostrando a canjica a granel, um dos produtos mais procurados em sua barraca.

A expectativa de boas vendas também é esperada pela comerciante Kátia Guimarães, que tem uma loja de artesanatos feitos com produtos de palha. "A nossa expectativa é vender cerca de 500 chapéus em junho e julho. Também sai muita peneira, esteiras e tochas para a iluminação das festas", garante.

Pesquisa

Confira abaixo os preços encontrados pela reportagem do Portal ACESSA.com durante pesquisa nestas lojas de produtos típicos.

Os textos são revisados por Mariana Benicá

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.